Vereadores Sandra, Farina e Ayub solicitam melhorias no terminal de ônibus urbano

A mobilidade da população é uma preocupação que concerne diretamente ao Legislativo Municipal. Pensando nisso, em vista de que muitos erechinenses utilizam o transporte público, os vereadores Sandra Picoli (PCdoB), Lucas Farina (PT) e Rafael Ayub (MDB) apresentaram, na última semana, um pedido de providências referente ao terminal de ônibus urbano, onde solicitam diversas melhorias. A proposição foi aprovada por unanimidade na Casa na sessão ordinária de segunda-feira (5).

A partir de visitas realizadas ao local, os parlamentares afirmam que as condições atuais do terminal não oferecem o conforto necessário, além de causarem transtornos aos usuários. Sandra, Farina e Ayub requerem reparos como pavimentação do pátio do estacionamento onde os ônibus circulam, substituição ou retirada dos acrílicos “divisórias” e grafites nos muros a fim de coibir eventuais pichações. “O terminal é um local de grande fluxo de pessoas, e os buracos e consequente acúmulo de água nos mesmos em dias chuvosos dificultam o acesso dos usuários do transporte coletivo. A dificuldade é ainda maior para idosos e mães com crianças pequenas”, explica Sandra.

Ayub reforça a fala da vereadora, ressaltando o fato de que uma grande revitalização seria bem-vinda no local, já que as melhorias necessárias não são poucas. “Muita gente nos procura com demandas referentes ao terminal. É importante que se melhore tanto a estrutura quanto a segurança, por isso sugerimos a instalação de câmeras de monitoramento no pátio do terminal”, afirma o parlamentar.

Já Farina chama a atenção para a necessidade de um cuidado maior com tudo o que diz respeito ao transporte público no município, com melhorias que se estendam, também, à qualidade do serviço. “A partir de visitas in loco, ficou evidente que o terminal precisa de melhorias para melhor atender não apenas aos usuários, mas aos motoristas e aos veículos. Além de ser importante que seja oferecido um serviço adequado e a um valor que atenda à realidade financeira da população”, completa.

Comentários estão fechados.