Supercopa poderá colocar o Atlântico na Libertadores da América

A mudança na forma de escolha do representante brasileiro para a Copa Libertadores da América poderá recolocar o Atlântico no cenário do futsal sul-americano nesta temporada.

Em 2016, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) mudou a forma de escolha. Até a mudança, o vencedor da Taça Brasil era o escolhido para representar as cores verde-amarelo na Libertadores, agora, o representante brasileiro será conhecido através de um torneio que reunirá os principais campeões da temporada anterior.

A Supercopa reunirá o campeão da Liga Nacional (Joinville), da Copa do Brasil (Horizonte), da Taça Brasil (Atlântico) e o time sede da competição, o Sorocaba. O Galo não foi campeão da Taça Brasil de 2017, mas como o Joinville venceu as duas competições (Liga Nacional e Taça Brasil), a vaga do time catarinense será via Liga Nacional. Com isso, o Atlântico, vice-campeão, foi indicado para ser o representante da Taça Brasil na Supercopa. A notícia deixa torcedores, dirigentes e jogadores empolgados com a possibilidade do Galo voltar a disputar a Libertadores da América. A Supercopa vai acontecer de 01 a 04 de março.

Com os reforços anunciados pela direção do Atlântico para a temporada 2018, é possível afirmar que o clube vai brigar de igual para igual com os adversários pelo título da Supercopa. Uma das metas do clube para esta temporada é ser o representante brasileiro na Copa Libertadores da América.

A cidade que receberá a disputa da competição sul-americana é Carlos Barbosa, casa da atual campeã da Libertadores, ACBF. Em 2017, o time laranja venceu na final o Cerro Porteño, do Paraguai, por 2 a 1. Como a ACBF é da cidade sede, o Brasil terá dois representantes em 2018.

Pré-temporada

A reapresentação do grupo de jogadores do Atlântico está marcada para acontecer no dia 17 de janeiro, no Caldeirão do Galo.

A pré-temporada do verde-rubro se estenderá até o dia 28 de fevereiro. Além da preparação física e técnica, o clube fará uma série de amistosos e disputará mais uma vez o tradicional torneio de pré-temporada, a Copa Capão da Canoa.

Em conversa com o diretor de futsal, Elton Dalla Vechia, ele confirmou que o grupo já está fechado. As únicas novidades que poderão surgir são garotos do sub-20 do clube.

Patrocinadores

A direção do Atlântico espera fechar pelo menos mais três patrocinadores para a temporada 2018.

A maioria dos patrocinadores já assinou a renovação de contrato com o verde-rubro. Caso vença a Supercopa, é possível que o clube desperte o interesse de novas empresas para o restante da temporada.

Apesar de não ter conquistado títulos na temporada passada, os patrocinadores não tem do que reclamar.

Em 2017 o Galo teve o maior número de jogos transmitidos pela televisão a nível nacional desde que iniciou sua trajetória no futsal. O canal Sportv transmitiu 13 jogos do Galo para todo Brasil e retransmitiu mais 09 partidas.

Por Fabio Lazzarotto

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.