Nova UBS do Progresso será a grande obra do governo Schmidt em 2018

I

O slogan de campanha do atual prefeito, Luiz Francisco Schmidt, foi uma das maiores sacadas dos seus marqueteiros durante o pleito eleitoral. Nada mais fácil e objetivo do que responder a um eleitor que era preciso mudar a figura do governo municipal, simplesmente porque “mudar faz bem”. É uma resposta sem direito a replica dos adversários. No entanto, a vitória de Schmidt representava no subconsciente das pessoas que o elegeram, uma verdadeira mudança já nos primeiros meses de governo. A expectativa era de que alguns dos sinônimos da palavra “mudança” seriam seguidos à risca pela nova gestão do município.

II

A transformação não ocorreu na velocidade que seus eleitores e até mesmo o prefeito e seus secretários imaginavam. Para fazer jus ao seu slogan de campanha, era preciso transformar a cidade em um canteiro de obras; destravar as licitações que estavam emperradas, e na realidade, nada disso aconteceu. Em 2009, quando assumiu a prefeitura municipal de Erechim, Paulo Polis começou seu governo voando, e mostrando a que veio. O segundo ano de mandato do atual governo começou, as expectativas e esperanças foram renovadas, por isso é hora dos atuais mandatários da cidade fazerem jus ao slogan de campanha.

III

Na primeira entrevista de Schmidt, este ano, nos microfones da Rádio Cultura, até o tom do prefeito mudou. A monotonia de outrora parece ter ficado para trás, junto com o ano que findou.

Apesar de já ter passado um ano desde que assumiu as chaves do município, Luiz Francisco Schmidt parece estar, enfim, se encontrando e dando um rumo ao seu governo. Na última semana perguntei ao prefeito: “qual seria sua grande obra em 2018?”. Schmidt respondeu que será o início das obras da UBS do Bairro Progresso. Segundo ele, a UBS será referência no município e contará com todos os requisitos exigidos para os futuros estagiários do curso de medicina da URI.

O projeto será apresentado no mês de abril, mês em que se comemora o centenário de Erechim.

Por Fabio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais