Ladrões atacam bancos, obrigam moradores a formar cordão humano e fogem com reféns

Criminosos assaltaram agências em Trindade do Sul na tarde desta quarta-feira (12)

Pelo menos seis ladrões assaltaram as agências do Sicredi e do Banrisul na tarde desta quarta-feira (12), em Trindade do Sul, no norte do Estado, e obrigaram moradores a formar cordão humano.

Após os roubos simultâneos, segundo a Brigada Militar, fugiram em dois veículos com dois reféns, que foram liberados em seguida.

 O prefeito de Trindade do Sul Odair Pelicioli afirmou que os criminosos fugiram por uma estrada de chão, em direção aos municípios de Liberato Salzano e Rodeio Bonito.

Segundo o subcomandante do Batalhão de Operações Especiais (BOE), major Rodrigo Schoenfeldt, duas viaturas que perseguiam os criminosos tiveram os pneus furados por miguelitos (pregos retorcidos) que foram largados pelos assaltantes.

— Vamos auxiliar, provavelmente deslocando por via aérea — adiantou Schoenfeldt.

O município é vizinho de Três Palmeiras, cidade que foi alvo de criminosos em 3 de dezembro, na semana passada.

Fonte: GaúchaZH

Comentários estão fechados.