Educação Pública centrou os debates do IV encontro do Fórum Regional Permanente de Vereadores do Alto Uruguai

O município de Estação foi o grande palco do IV Encontro do Fórum Regional Permanente de Vereadores do Alto Uruguai, que debateu a Educação Pública com a presença de vereadores, diretores de universidades e outros setores de ensino da região. Como local, o Anfiteatro do Sicredi.

A organização é da Comissão Representativa do Fórum, composta no I Encontro, sediado no município de Erechim e, para esta edição, foram convidados os vereadores e prefeitos dos 32 municípios da Região do Alto Uruguai Gaúcho, bem como deputados Estaduais, Federais, autoridades da Educação Pública, autoridades religiosas, Agência de Desenvolvimento Alto Uruguai, o Governador do Estado, Ministério Público e Universidades da Região.

Fizeram parte da Mesa de Trabalhos o prefeito e vice-prefeito, Humildes de Almeida Camargo e Maria Helena Tonin, o presidente da Câmara de Paulo Bento, Plínio Davi Triques, o presidente da Câmara de Erechim e da Comissão do Fórum, Alessandro Dal Zotto, a secretária da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto de Estação, Denise Maria Bordin Spadari, o Diretor do IFRS de Erechim, Eduardo Angonesi Predebon, o Diretor do IFRS de Sertão, Odair José Spenthof e o Diretor da UFFS Erechim, Anderson André Genro Alves Ribeiro.

Na abertura dos trabalhos Alessandro Dal Zotto sintetizou os motivos pelo qual foi criado o Fórum, destacando a importância da união dos municípios do Alto Uruguai Gaúcho. Após foi dada a palavra às autoridades componentes da mesa e aos demais que se fizeram presentes no encontro, como vereadores, profissionais da área de educação e população em geral, que levantaram algumas sugestões de demanda.

Em suas manifestações os diretores relataram a realidade das universidades, as dificuldades que vêm enfrentando, bem como afirmaram ser a Crise Orçamentária da História, tendo investimentos zero. Destacaram os méritos alcançados, mesmo sem nenhum recurso federal, dentre eles, os cursos de Agronomia e Zootecnia do IFRS de Sertão, que são destaques em nível Nacional, onde possuem produção própria.

Com relação ao IFRS Erechim, foi relatada a conquista da Equipe Drop Team formada por estudantes da Engenharia Mecânica que representaram o Campus na maior competição de eficiência energética da América Latina, onde alcançaram o pódio na competição, ficando em terceiro lugar na categoria gasolina com a incrível marca de 240,3 Km/l. Ainda, o Diretor Eduardo ressaltou o Curso Vestuário de Moda, sendo o melhor do Brasil.

O Diretor Anderson da UFFS Erechim relatou que os Cursos do Campus foram bem avaliados e vários se destacaram no âmbito regional, estadual ou nacional, tendo como destaques o Curso de Arquitetura e Urbanismo, que ficou em 1º lugar na Região Sul do país e em 9º lugar no Brasil, o Curso de Ciências Sociais (Licenciatura), como o 2º melhor curso do Rio Grande do Sul e o 4º na Região Sul.

Considerando os cursos avaliados em todo o país, também teve uma posição de destaque, no 12º lugar, o Curso de Engenharia Ambiental, que foi destaque em 4º lugar no Rio Grande do Sul, 7º na Região Sul e 18º no país e, o Curso de Geografia (Licenciatura), como o 4º melhor da Região Sul e o 19º do país.

Sugeriram, como demanda, o encaminhamento de Moção de Apoio às três universidades federais, ressaltando a necessidade de investimentos, com o intuito de reforçar a qualidade do ensino, bem como a manutenção dos cursos.

Esse investimento, destaca Anderson, servirá para expandir a qualidade que as Instituições vêm prestando. Ainda, tentar conseguir trazer o Curso de medicina Veterinária para o Campus do IFRS de Sertão, sendo que possui estrutura para tal, dado o espaço utilizado pelo Curso de Zootecnia. Contudo, evidenciaram que os efeitos trazidos pela PEC 55/2016, estão matando a Educação e a Saúde, assim como, o poder público está sofrendo de letargia. O próximo encontro não foi definido.

 

Foto: Forum reuniu políticos e representantes da educação

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.