Ayub, Barbosa e Mario Rossi pedem informações sobre a preparação orçamentária do Santa Terezinha para 2020

Instituição de enorme relevância não apenas para Erechim, mas para toda a região do Alto Uruguai, a Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE) tem passado por dificuldades financeiras nos últimos tempos. Buscando se inteirar da situação atual – e já visando o futuro próximo – os vereadores da bancada do MDB, Mario Rossi, Nadir Barbosa e Rafael Ayub, levaram ao plenário da Câmara, durante a sessão ordinária da última segunda-feira (11), um requerimento de informações buscando esclarecimentos quanto ao planejamento orçamentário do hospital para 2020.

Os três parlamentares levantam os seguintes questionamentos: se existe previsão de aumento com ganho real dos vencimentos dos funcionários, visando diminuir a diferença salarial entre as categorias de FHSTE e Prefeitura Municipal; qual o impacto financeiro na suposição de aumento de 1% na folha de pagamento por categoria funcional, incluindo os Cargos Comissionados e Funções Gratificadas. “Justificamos a referida solicitação levando consideração que nos últimos três anos apenas foi concedida a reposição da inflação aos funcionários da fundação”, afirmam, reforçando a grande diferença salarial entre o funcionalismo público e os funcionários do hospital.

“Frisamos que somos sabedores da situação financeira da instituição, porém também sabemos da luta diária dos funcionários na busca por igualdade salarial”, enfatizam Ayub, Barbosa e Mario Rossi. O requerimento de informações foi encaminhado ao setor competente da Prefeitura após a leitura no plenário da Casa Legislativa.

Comentários estão fechados.