Ayub, Barbosa e Mario Rossi pedem informações sobre a preparação orçamentária do Santa Terezinha para 2020

Instituição de enorme relevância não apenas para Erechim, mas para toda a região do Alto Uruguai, a Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE) tem passado por dificuldades financeiras nos últimos tempos. Buscando se inteirar da situação atual – e já visando o futuro próximo – os vereadores da bancada do MDB, Mario Rossi, Nadir Barbosa e Rafael Ayub, levaram ao plenário da Câmara, durante a sessão ordinária da última segunda-feira (11), um requerimento de informações buscando esclarecimentos quanto ao planejamento orçamentário do hospital para 2020.

Os três parlamentares levantam os seguintes questionamentos: se existe previsão de aumento com ganho real dos vencimentos dos funcionários, visando diminuir a diferença salarial entre as categorias de FHSTE e Prefeitura Municipal; qual o impacto financeiro na suposição de aumento de 1% na folha de pagamento por categoria funcional, incluindo os Cargos Comissionados e Funções Gratificadas. “Justificamos a referida solicitação levando consideração que nos últimos três anos apenas foi concedida a reposição da inflação aos funcionários da fundação”, afirmam, reforçando a grande diferença salarial entre o funcionalismo público e os funcionários do hospital.

“Frisamos que somos sabedores da situação financeira da instituição, porém também sabemos da luta diária dos funcionários na busca por igualdade salarial”, enfatizam Ayub, Barbosa e Mario Rossi. O requerimento de informações foi encaminhado ao setor competente da Prefeitura após a leitura no plenário da Casa Legislativa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais