Novena de Fátima destaca a missão da família

O número de participantes da procissão e da missa da noite do oitavo dia da novena de Fátima, nesta sexta-feira, dia de São João XXIII, o Papa que convocou o Concílio Vaticano II, foi o maior de todas as anteriores.

As motivações e as orações centraram-se na família e sua missão na defesa e promoção da vida, na irradiação do Evangelho, na formação de discípulos e missionários autênticos de Cristo e cidadãos justos, comprometidos com o bem comum e a preservação da Casa Comum.

A celebração foi presidida pelo Pe. Isalino Rodrigues, Vigário Paroquial da Paróquia Imaculada Conceição, de Getúlio Vargas, acompanhado pelos padres Clair Favreto, Valtuir Bolzan e Valter Girelli e dos diáconos Jacir Lichinski e Lucas Stein. A animação da música e do canto, como nas outras noites, foi do Pe. José Carlos Sala e equipe de instrumentistas e cantores.

Pe. Isalino motivou a grande missão da família para todo ser humano e convidou o casal Oilson e Dariane Maier, do Movimento Encontro de Casais com Cristo, a transmitir sua mensagem de vida familiar. Recordou que, configurados com Cristo pelo Batismo, todos fazem parte duma grande família, a família de famílias, a Igreja. Disse que apresentava a Deus um hino de louvor pelo testemunho de alegria de cada família para as outras e por sua missão. Apresentava também uma prece para as famílias responderem bem à vocação de estarem sempre a serviço da vida e da paz na sociedade. Desejou que Maria e José intercedam a Deus especial bênção para todas as famílias, a fim de serem pequeno lar de Nazaré.

————————.

Íntegra da mensagem do casal Oilson e Dariane

Jesus nos diz, no Evangelho que todo aquele que faz vontade do Pai, pertence à sua Família. E nós, configurados em Cristo pelo Batismo, todos somos parte duma grande família: a família de famílias.  Por isso nossa mensagem e oração, nesse dia, são de gratidão e de prece pelas famílias, pequenas Igrejas, ou Igrejas domésticas.

Nossa gratidão é pelo testemunho de alegria que cada família é para as outras. Devemos entender, pois que a família, como Igreja doméstica, é uma via privilegiada de evangelização e renovação da Igreja, uma Igreja que caminha com pessoas ao encontro das pessoas. Nas famílias a Igreja encontra a realidade da vida; e é na vida de Igreja que as famílias encontram o verdadeiro sentido da sua própria vida.

Nossa prece é para que as famílias possam, por seus esforços, responder fielmente à vocação que Deus lhes concedeu na sociedade, que é a de estar sempre a serviço da vida e da paz, como nos disse o Papa Francisco: “Vós, famílias, sois a esperança da Igreja e do mundo. Com o vosso testemunho do Evangelho, podeis ajudar Deus a realizar o seu sonho. Podeis contribuir para aproximar todos os filhos de Deus, para que cresçam na unidade e aprendam o que significa, para o mundo inteiro, viver em paz… Família que reza unida, permanece unida e irradia a paz” (Papa Francisco, 25 de agosto, de 2018 – Encontro mundial das Famílias).

Que Deus Pai, em sua infinita misericórdia, por intercessão de Maria, Mãe de Fátima, e de Seu esposo São José, continue derramando copiosa bênção e luz sobre todas as famílias, para que possam, pelo seu testemunho de amor e fé, ser também um Pequeno Lar de Nazaré.

Oilson e Dariane Maier – Encontro de Casais com Cristo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais