Flávio Tirello paz e amor, mas longe do grupo do prefeito Schmidt

Nos últimos dias recebi informações de pessoas próximas e divulguei que, Flávio Tirello (PSB), que já foi candidato a prefeito, não descarta a possibilidade de fazer uma coligação com o MDB e que poderá concorrer a vice de Paulo Polis. Diante da repercussão nos meios políticos, na quarta-feira (10), entrevistamos Flávio no programa Estúdio Boa Vista da Rádio Cultura.

Durante a entrevista, o próprio Flávio deixou claro que pode rever a sua posição e até concorrer numa chapa com o MDB ou, com outros partidos. No entanto foi muito claro que não estará junto com o partido do prefeito Luiz Francisco Schmidt. Outra revelação é que seu pai, Luiz Antônio Tirello, até pode ajudar construir uma coligação, mas não fará parte da sua administração. Flávio Tirello foi muito paz e amor, não quis polemizar, mas deixou claro que com Schmidt não quer nem falar.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais