Força-tarefa interdita estabelecimentos e inutiliza seis toneladas de alimentos em Erechim

Agentes da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar vistoriaram 17 estabelecimentos comerciais de Erechim, entre a terça-feira, 10, e o final da tarde desta quinta-feira, 12. Durante os três dias da ação, aproximadamente seis toneladas de alimentos foram apreendidas e inutilizadas. Três locais foram totalmente interditados, um interditado parcialmente e 13 autuados.

Conforme o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar (Gaeco), Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, os principais problemas encontrados foram produtos vencidos, sem procedência, fracionados irregularmente, estragados e fora de temperatura adequada, além de carnes sem inspeção. Também foram detectados graves problemas de higiene e até presença de insetos.

Esta é a quarta ação da Força-Tarefa em Erechim nos últimos doze meses. Para Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, embora a quantidade de alimentos inutilizados seja expressiva, os números refletem o trabalho de três dias da equipe. “No geral notamos uma melhora nos estabelecimentos e maior receptividade dos proprietários em relação ao trabalho de fiscalização dos órgãos envolvidos na Força-Tarefa. Ainda existem problemas bastante graves, porém pontuais e passíveis de correção”, explica o promotor.

Mais informações podem ser conferidas no site do Ministério Público Estadual: www.mprs.mp.br

 

Fonte: Ministério Público Estadual

Comentários estão fechados.