Força-tarefa interdita estabelecimentos e inutiliza seis toneladas de alimentos em Erechim

Agentes da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar vistoriaram 17 estabelecimentos comerciais de Erechim, entre a terça-feira, 10, e o final da tarde desta quinta-feira, 12. Durante os três dias da ação, aproximadamente seis toneladas de alimentos foram apreendidas e inutilizadas. Três locais foram totalmente interditados, um interditado parcialmente e 13 autuados.

Conforme o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar (Gaeco), Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, os principais problemas encontrados foram produtos vencidos, sem procedência, fracionados irregularmente, estragados e fora de temperatura adequada, além de carnes sem inspeção. Também foram detectados graves problemas de higiene e até presença de insetos.

Esta é a quarta ação da Força-Tarefa em Erechim nos últimos doze meses. Para Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, embora a quantidade de alimentos inutilizados seja expressiva, os números refletem o trabalho de três dias da equipe. “No geral notamos uma melhora nos estabelecimentos e maior receptividade dos proprietários em relação ao trabalho de fiscalização dos órgãos envolvidos na Força-Tarefa. Ainda existem problemas bastante graves, porém pontuais e passíveis de correção”, explica o promotor.

Mais informações podem ser conferidas no site do Ministério Público Estadual: www.mprs.mp.br

 

Fonte: Ministério Público Estadual

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais