Fórum e Semana do Meio Ambiente encerram com sucesso

Com o tema “Agricultura, Meio Ambiente e Saúde”, foram realizados na última semana pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a 18ª Semana Municipal e o 17º Fórum Regional do Meio Ambiente. Várias atividades desenvolvidas em diferentes locais durante os dias do evento geraram reflexões e debates que envolveram também a comunidade. Momento como o da oficina “Um dia no Parque”, em parceria com a URI, onde mais de 200 crianças participaram de oficinas como as de compostagem, biofertilizantes, horta suspensa, dentre outras no Parque Natural Municipal Longines Malinowski.

Palestras sobre alimentação saudável para alunos de escolas numa parceria com o Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia – Capa, também mostraram a importância de optar por alimentos orgânicos visando a melhoria na qualidade de vida e na saúde. O trabalho com estudantes objetivou despertar neles uma postura mais consciente para o futuro.

Na abertura oficial na Câmara Municipal de Vereadores foi possível perceber a aceitação desta iniciativa da administração pública. Na casa com lotação esgotada aconteceu a mesa redonda que colocou em debate a “Conservação da Natureza Aliada a Agroecologia e Sustentabilidade”. Outro tradicional momento, a entrega do Prêmio Sérgio Macagnini, teve a finalidade de reconhecer o mérito de atividades e projetos de que se destacaram por buscar a melhoria das qualidades ambientais.

Muito prestigiado o dia de imersão em temas de preservação ambiental expostos em evento realizado na Cantina Trentin. Agricultores convidados e representantes das entidades organizadoras lotaram o local onde foi discorrido sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde humana, rastreabilidade, bioecologia e capacitação de agricultores para produção de biológicos.

Encerrando os trabalhos realizados ao longo dos três dias, a mesa redonda “Mortandade de abelhas e agrotóxicos – O que fazer?”, onde mais de 150 pessoas foram levadas a refletir sobre as responsabilidades dos seres humanos com os impactos dos agrotóxicos para a natureza e as gerações de seres vivos que também impactam na mortandade das abelhas pelo seu uso desenfreado.

Analisando os números e reflexos da programação deste ano da Semana e do Fórum do Meio Ambiente de Erechim, o Secretário Municipal Cláudio da Silveira expressa o saldo positivo obtido em todos os momentos e que contemplaram todos os públicos. “A melhor que já realizamos, nos surpreendeu a aceitação e a projeção que tivemos. Os temas abordados, a qualidade dos palestrantes e o número de participantes nos dão essa certeza”.

 

Comentários estão fechados.