Aprovada revisão tarifária da RGE

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou hoje (12), em reunião pública, a Quarta Revisão Tarifária Periódica da Rio Grande Energia S.A. – RGE. Os consumidores residenciais (classe B1) atendidos pela concessionária terão reajuste de 21,51% nas tarifas a partir de 19/6/18. A RGE atende 1,4 milhão de unidades consumidoras em 255 municípios do estado do Rio Grande do Sul.
Confira os percentuais definidos para cada grupo de consumo:

 

Efeito médio por Grupo de Consumo*

Variação (%)

AT – Alta Tensão em média (indústrias)

19,04%

BT – Baixa Tensão em média (residencial)

21,55%

Média (Baixa Tensão e Alta Tensão)

20,58%

 

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).
A revisão tarifária periódica reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais