Prédios abandonados: caso de polícia e de saúde pública

Vários prédios abandonados em nossa cidade estão colocando em risco pedestres e motoristas que circulam ou estacionam seus veículos nas imediações destes. Sem contar que é uma situação de saúde pública já que nestas lajes se acumulam água de chuva proliferam ratos, baratas, aranhas e até cobras. Em alguns locais desapareceram os passeios e pedestres têm que caminhar entre os veículos, colocando a vida em risco.

Na semana passada, na Rua Marechal Rondon na esquina Amintas Maciel, vimos uma senhora de idade que precisou andar entre os veículos, já que tapumes estavam impedindo que a mesma caminhasse pelo passeio. Aliás, são vários prédios na mesma situação na região central da cidade. Pergunto, onde está a fiscalização da prefeitura?

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.