A essência e o jeito de cuidar da Unimed Erechim

Workshop com colaboradores da cooperativa médica foca em como se adaptar às mudanças que o mercado exige

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Prática comum no dia a dia da Unimed Erechim é reunir os colaboradores para repassar orientações e traçar estratégias para buscar os resultados almejados e acima de tudo entregar melhores serviços e produtos ao cliente.

Ao longo de 2019 já foram realizados três encontros. O primeiro ocorreu no dia 24 de janeiro, com o objetivo de fomentar uma cultura resiliente e inovadora, fundamentada em conformidade e constância; diálogo e aprendizado; mentalidade de crescimento; confiança e responsabilidade; excelência; estratégia e resultados. O segundo encontro foi no dia 19 de março, com a apresentação da nova diretoria e do Relatório de Sustentabilidade 2018. Nesse encontro, cada liderança apresentou suas equipes aos novos dirigentes. A nova direção, por sua vez, apresentou aos colaboradores os principais resultados de 2018 e o plano de trabalho para 2019.

O terceiro encontro ocorreu no dia 1º de abril, no Anfiteatro Dr. Sérgio Benito Maccagnini, por meio do workshop “Adaptando-se às mudanças”, com Davi Boaretto. O diretor de Desenvolvimento, Mário Lorenço Tormen, deu as boas-vindas e antecipou que a noite serviria para melhorar os sistemas da Unimed Erechim. As gerentes Adriana Biasi e Alessandra Sonda falaram sobre o planejamento da Unimed Erechim para 2019. Alessandra reforçou que “o jeito de cuidar da Unimed Erechim não tem término. É uma transformação cultural. É um guarda-chuva sobre toda a estrutura e serviços”.

No workshop, Davi Boaretto reforçou que mudanças implicam em sair da zona de conforto. “Há um provérbio chinês que diz que se você não mudar a direção, terminará exatamente onde partiu. Vocês estão sendo embalados para a mudança, não podemos olhar para o passado e viver do saudosismo. Temos que ter sempre os olhos no futuro”. Segundo Davi, estar preparado para as exigências do mercado é uma questão fundamental para qualquer trabalhador. Conforme ele, inicialmente é preciso definir o desafio da mudança, posteriormente comprometer-se com comportamentos para adaptação às mudanças e ajustar padrões e atitudes pessoais.

O palestrante ainda ofereceu dicas preciosas, como: ajustar expectativas, construir relacionamentos e redes de contatos, praticar a paciência, ser desbravador, praticar o descontentamento construtivo, experimentar algo novo a cada dia e, principalmente, pedir ideias.

Davi encerrou a palestra citando John Welwood, psicólogo americano: “o agente mais poderoso de crescimento e transformação é algo muito mais básico do que qualquer técnica: uma mudança de atitude”.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais