Produtor de Erebango é destaque regional na atividade de Avicultura

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Quem observa o olhar tranquilo e a alegria do erebanguense Maison Perret, de 30 anos, não imagina a sua luta diária no campo, na atividade da avicultura de postura (produção de ovos férteis visando frangos de corte no futuro).

O trabalho inicia cedo, por volta das 4h30 e prossegue até às 17h, onde é realizado o fechamento do dia. No entanto, o cuidado e a preocupação são constantes, afinal, trata-se da principal fonte de renda da família (em torno de 75%; sendo que a lavoura completa o faturamento).

Maison, que também possui formado em Administração desde 2011, reside na área rural junto a esposa Ellin e o filho Augusto. A mãe Clemir e o pai Adair, auxiliam nas práticas do dia a dia, as quais contam, ainda, com o suporte de outros três funcionários.

Ele relata que tudo começou no ano de 2015, quando identificou uma oportunidade e investimento e não pensou duas vezes em ingressar na avicultura. Naquele tempo ele trabalhava em uma cooperativa de crédito e, após conversar com a família, reforçou a decisão. “No início tentei conciliar os dois trabalhos, contudo, as ações no campo exigem bastante, por isso, tive que escolher e de empregado, me tornei empregador”, destaca, citando que é fundamental uma “dose” de ousadia e coragem no ato de empreender.

Maison enfatiza que no banco obteve mais conhecimento das questões financeiras, o que auxiliou na hora de encarar o novo desafio.

Sem contar que a dedicação e o trabalho sem pensar em folgas, são incorporados à rotina. “Não temos horário específico na jornada e o esforço é contínuo. Temos que gostar do que fizemos e acompanharmos o mercado, atendendo às expectativas da empresa a qual trabalhamos”, afirma.

Pandemia e reforços nos cuidados

Segundo o produtor, a pandemia causada pelo coronavírus não causou impactos expressivos no trabalho, sendo que os cuidados preconizados pelos órgãos de saúde, já integravam a rotina. “Desde o uso de álcool em gel e todas as outras medidas, sempre foram seguidas, considerando os cuidados sanitários exigidos”, afirma.

Reconhecimento

A propriedade de Maison possui dois galpões, em uma área correspondente a dois hectares. Em média são produzidos em torno de 4 milhões de ovos por ano.

Os números expressivos renderam um prêmio à Maison e família: destaque de maior produção de ovos por galinha. O anúncio foi feito recentemente, com base nos dados referentes a 2020.

O reconhecimento anual, feito pela JBS, leva em conta a média anual de produção em todas as granjas. Na propriedade de Maison foram cerca de 220 ovos por galinha. A gratificação é reflexo do trabalho e empenho dos envolvidos na área produtiva.

Suporte da prefeitura

Em todo esse processo, Maison e a família contam com o apoio da prefeitura. “Sempre tivemos incentivo, desde a idealização do negócio. Atualmente, as equipes das Secretarias de Agricultura e Obras, fazem o transporte da cama de aviário, auxiliam em parte da limpeza e nas melhorias no acesso à propriedade”, salienta.

Além disso, os profissionais estão sempre em contato para saber como está o andamento das atividades e se o produtor necessita de algo para melhorar, ainda mais, o desempenho do trabalho.

Para o prefeito de Erebango, Valmor José Tomelero, é essencial intensificar as estratégias para aumentar a produtividade nas áreas existentes. “Alguns prefeitos já tiveram essa preocupação e na nossa administração mantemos esse cuidado. Orientamos que as Secretarias de Agricultura e Obras atuem com mais força na prestação de serviços aos empresários do campo. Além do apoio nas terraplanagens e licenciamentos, orientações nos aspectos ambientais, para que tudo seja feito adequadamente, seguindo as normas sanitárias. Ao mesmo tempo, estamos ao lado das empresas integradoras e somos sempre parceiros para possibilitar melhores condições de trabalho e incentivar a evolução dos setores”, reitera o chefe do Executivo.

Economia do município

Atualmente, o setor de avicultura representa 22,50% do valor adicionado à economia do município e ocupa a segunda colocação. Em primeiro lugar está a produção de grãos, especialmente de soja, e em terceiro, a produção leiteira.

 

Assessoria de Comunicação

Prefeitura de Erebango

 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.