Cruzaltense realiza Conferência Municipal da Saúde nesta quinta-feira

Democracia e saúde: saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS. Este é o tema da Conferência Municipal de Saúde, que vai discutir as políticas e estratégias que vão nortear o plano municipal de saúde. Dentro da conferência, serão trabalhados três eixos: Saúde como Direito – desafios e perspectivas para o fortalecimento do SUS; Financiamento – garantia de recursos e investimentos em Saúde; e Controle social na Saúde – consolidando os princípios do SUS, os avanços e a importância da democracia na defesa da Saúde.

A Conferência Municipal é o primeiro de três passos que é seguido pela Conferência Estadual e culmina na Conferência Nacional de Saúde que acontece de 4 a 7 de agosto deste ano. Em 2019 a ideia da Conferência Nacional é  “8ª + 8 = 16ª”, já que a 8ª Conferência foi o primeiro evento de participação social na saúde, em âmbito nacional, aberto à sociedade. Na época, o resultado desse grande encontro da população brasileira em Brasília gerou as bases para a seção “Da Saúde” da Constituição Brasileira em 1988.

A proposta temática para o evento é um resgate a memória da 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986, considerada histórica por ter sido um marco para a democracia participativa e para o SUS. Desta forma mais do que uma referência cronológica à 8ª Conferência, na deste ano estão na pauta, o tema (Democracia e Saúde) e os eixos (Saúde como direito; Consolidação do SUS; e Financiamento). Tudo o que aconteceu e o que ainda precisa ser implementado a partir destas diretrizes básicas será discutido na atual conferência.

Ronald dos Santos, presidente do Conselho Nacional de Saúde destaca que “em um contexto de retrocessos das políticas sociais, a realização da conferência se faz ainda mais necessário como uma grande ação em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e da democracia. Para a 16ª Conferência, o CNS quer mostrar a ideia de luta e resistência em defesa do SUS, contemplando as várias caras e demandas da população brasileira. Negras e negros, indígenas, Mulheres, Povos e Comunidades Tradicionais, LGBTs, Juventudes, dentre tantos outros segmentos que compõem a sociedade brasileira. A ideia é unificar as diferentes lutas para que não deixemos morrer a maior política social do país”.

A Conferência Municipal da Saúde é aberta a toda a comunidade e acontece no dia 14, quinta- feira, a partir das 13h30min, no Centro de Convivência da Terceira Idade em Cruzaltense.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais