Senado quer leis mais severas para maus tratos a animais e comunidade pode denunciar casos de abusos

A Câmara dos Deputados e o Senado incluíram na pauta de votações da próxima semana projetos que aumentam a pena para quem maltratar animais. Hoje a pena para quem maltrata um animal varia de três meses a um ano de detenção, além de multa.O projeto em análise na Câmara aumenta a pena de um a cinco anos, além da multa. No Senado há também uma proposta que prevê multa de até mil salários mínimos para estabelecimentos que permitirem maus-tratos ou abuso de animais, com pena de até 3 anos de cadeia para quem maltratar o animal, além de multa.

A representante do CAPA, entidade de proteção aos animais que segue na ativa em Passo Fundo, porém sem acolhimento de mais animais, Kelly Thimoteo, concedeu entrevista na Uirapuru sobre a situação.Destacou que Passo Fundo já teve vários casos de maus tratos no passado, mas a comunidade é o melhor instrumento de vigilância para este mal. Conforme ela, quem souber de casos assim deve sempre denunciar, procurando grupos de protetores e amigos dos bichos, para que providências sejam tomadas.

Kelly lembrou que maus tratos podem acometer diversos tipos de animais, como cavalos, por exemplo, que passam por longas jornadas de trabalho. Hoje é possível identificar estas pessoas e punir legalmente, salvando o animal.

Fonte: Rádio Uirapuru

Comentários estão fechados.