Problemáticas femininas são destaque em Erechim

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) colocam o Brasil na quinta posição de maior taxa de Feminicídio do mundo. Reconhecendo a gravidade dos números e buscando alertar para a problemática, a primeira-dama do Município Rosmari Schmidt, com apoio de Ana Paula Lando, engaja-se em ações que destacam o tema.

“Temos que nos unir para promover o fim da violência doméstica e familiar. A mulher não pode seguir sendo violentada pelo simples fato de ser mulher. Todo ser humano merece dignidade e respeito e com a mulher não é diferente. Precisamos fazer ecoar a voz da justiça de alguma forma. Esse pequeno gesto é o nosso começo”, enfatiza a primeira-dama.

A fachada da Prefeitura de Erechim exibe um banner para chamar a atenção de todos que por ali passam sobre o crime de Feminicídio, previsto na Lei 13.104/2015. A iniciativa antecede outro assunto de importância para o público feminino: o câncer de mama. Este, igualmente destacado no mesmo local da Praça da Bandeira, lembra a realização da Campanha Nacional Outubro Rosa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais