Proerd completa 20 anos no Rio Grande do Sul

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) completou no mês passado 20 anos de atividade no Rio Grande do Sul. Baseado no programa Norte Americano D.A.R.E. (Drug Abuse Resistance Education), que foi desenvolvido em Los Angeles, Califórnia, em 1983, no Estado o Proerd é desenvolvido pela Brigada Militar e já orientou mais de 1 milhão de jovens. As primeiras formaturas no RS aconteceram em 15 de julho de 1998, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Piratini

Em Erechim o Proerd é desenvolvido desde o ano 2000 pelo 13º BPM, em parceria com o Poder Público e privado, e envolve crianças, adolescentes, jovens, pais e professores. A iniciativa foi do tenente coronel, Ricardo Alex Hoffmann, que hoje está lotado em Passo Fundo. Logo, o programa passou a ser desenvolvido também em outros municípios do Alto Uruguai e atualmente atinge quase todas as 41 cidades atendidas pelo 13º BPM.

O Proerd desenvolve ações conjuntas entre o instrutor (policial militar devidamente capacitado), professores, estudantes e pais, buscando prevenir e reduzir o uso de drogas e a violência na comunidade escolar. Todos os currículos são aplicados com técnicas pedagógicas e materiais didáticos específicos, definidas pela Coordenação Estadual.

Por Alan Dias

Comentários estão fechados.