Coopusaúde mira expansão para o Planalto Médio

Com atuação consolidada em Erechim e Alto Uruguai, a Coopusaúde – cooperativa de planos de saúde fundada há quase duas décadas na Capital da Amizade – projeta para 2019 a ampliação de sua área de abrangência na região de Passo Fundo. Além disso, a diretoria, sob a presidência de Dilva Maria Galina Loch, investe no reposicionamento da marca, com fortalecimento da presença nos meios digitais.

Na entrevista que segue – dentro do Projeto DIS, de Desenvolvimento, Inclusão e Sustentabilidade, numa parceria entre o Jornal Boa Vista, Rádio Cultura e o Sistema Ocergs-Sescoop/RS – a presidente Dilva Galina conta um pouco da história da ‘Coopus’, antecipa projetos e comenta as parcerias com as demais cooperativas e instituições da área da saúde do Norte do RS.


A Coopusaúde completa 20 anos em 2019. Quais os principais avanços e conquistas da entidade?

A Coopusaúde nasceu da necessidade da população erechinense em ter uma segunda alternativa em Planos de Saúde. Através do Cooperativismo temos procurado achar um meio termo entre pagar o prestador de serviço de forma digna e cobrar o mínimo do nosso sócio. Com o passar dos anos,conseguimos nos estabelecer no mercado, abrindo, inclusive, uma filial em Passa Fundo que serve de apoio aos nossos beneficiários que precisam dos profissionais da saúde daquela cidade.

No momento, qual é principal projeto da cooperativa? E no futuro, em que patamar a Coopusaúde almeja estar?

No ano de 2017 houve o início de uma grande mudança no posicionamento estratégico da Cooperativa. Contratou-se uma empresa especializada neste tipo de serviço e uma nova logomarca foi criada. Além disso, a sede passou por uma profunda reforma. Este ano, iremos desenvolver nossas redes sociais.Depois de estabelecer um sistema de saúde baseado no Cooperativismo, a Coopsaúde tem como intenção aumentar sua área de atuação. Porém, a responsabilidade administrativa que norteia nossas ações faz com que o crescimento seja realizado gradualmente e com segurança.

Quais os principais serviços oferecidos pela Coopusaúde?

A Coopusaúde oferece para seus sócios e dependentes Planos de Saúde, Individuais/Familiares ou Coletivos, Ambulatoriais ou Hospitalares, os serviços inerentes a qualquer plano comercial, seja consultas médicas gerais ou especialistas, internações clínicas ou cirúrgicas, exames de diagnósticos dos mais simples aos mais complexos, enfim, tudo que está disposto no rol determinado pela agência reguladora do setor (ANS) e nos termos de sua regulamentação. Importante frisar que todos os nossos planos estão de acordo com a lei dos planos de saúde e possuem registro na Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Qual é o perfil dos associados da cooperativo? Quais os municípios de abrangência?
São pessoas físicas e jurídicas que desejam acesso diferenciado aos serviços de saúde, com valor acessível e abrangência no Alto Uruguai e Planalto Médio.Importante ressaltar que além dos 2,5 mil sócios titulares, nosso quadro mantém mais 1,7 mil dependentes, totalizando 4,2 mil beneficiários neste momento, em sua maioria famílias que possuem os planos individuais (titulares e dependentes). E, no caso de planos coletivos, são sócios e empregados de pequenas e médias empresas.

De que forma se dá a integração da cooperativa com seu associado? Quais são os projetos sociais desenvolvidos?

A principal forma de integração é através da Assembleia Geral, que sempre conta com um significativo número de sócios. Quando temos fatos relevantes para comunicar, lançamos uma nova edição do  Informativo Coopusaúde. A partir do segundo semestre, vamos nos integrar através das redes sociais.

A cooperativa pretende ampliar os investimentos em Passo Fundo?

Passo Fundo é uma referência em saúde para a região. A filial foi aberta, no primeiro momento, para servir como base de apoio para nosso sócio que precisa destes serviços naquela cidade e, como segundo momento, divulgar para  a comunidade do Planalto Médio nossa cooperativa. O primeiro objetivo está cumprido, o segundo será destaque nas ações de 2019.

Como é a relação da Coopusáude com as demais cooperativas de saúde de Erechim e região? 

Com a Uniodonto temos uma excelente relação, tanto que nosso plano odontológico é atendido somente por profissionais da Uniodonto.Já com outras operadoras médicas da cidade, ainda não conseguimos uma relação proficiente, porém existem contatos que almejamos que sejam concretizados brevemente.Em Passo Fundo, temos ótima relação com outras cooperativas, tais como a Coopanest (anestesistas) e a Coopertrauma (ortopedia e traumatologia) e que prestam serviços a Coopusaúde há mais de quinze anos.

Hoje, quais são os principais parceiros da Coopusáude?

A Coopusaúde tem em todos os profissionais da saúde de Erechim uma parceria, além dos laboratórios, hospitais e clínicas credenciados, o que abrange praticamente todas as empresas da área da comunidade.

Em sua opinião, quais são os principais desafios do cooperativismo?

Expandir a verdadeira doutrina Cooperativista como um meio de inserção social e econômica nas comunidades.

Quem é Dilva Maria Galina Loch

Natural de Rio Toldo, no interior de Getúlio Vargas, Dilva Galina veio a Erechim aos 14 anos para continuar seus estudos. Em 1987, casou com Wilson Renato Loch, com quem tem um filho Guilherme Galina Loch, de 28 anos.

Dilva é Bacharel em Ciências Contábeis pela UPF, com pós-graduação em Administração Contábil e Financeira pela URI, além de MBA em Gestão Cooperativa pelo SESCOOP/FAE.

 

 

 

 

A diretoria da Coopusaúde

A diretoria atual é composta da seguinte forma, com mandato até março de 2022:
PRESIDENTE: Dilva Maria Galina Loch

VICE-PRESIDENTE ADMINISTRATIVO: Ivete Argenta Santin

VICE-PRESIDENTE FINANCEIRO: Eisabeth Morganti

VICE-PRESIDENTE DE PLANEJAMENTO: Luciano Tarragó de Souza.

 

 

Por Salus Loch 

Comentários estão fechados.