Agência Nacional do Petróleo divulga preços dos combustíveis em Erechim

Nesta semana a Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgou mais um levantamento de preços praticados pelos postos de combustíveis no Brasil. Em Erechim, a ANP consultou 11 postos entre os dias 29 de julho e 04 de agosto e na comparação com a última matéria publicada pelo Jornal Boa Vista, em março deste ano, a gasolina sofreu considerável aumento, enquanto o etanol sofreu redução no preço.

Gasolina

O combustível mais vendido nas bombas dos postos, a gasolina, está sendo vendido para o consumidor na Capital da Amizade, a um preço médio de R$ 4,85. Segundo o levantamento feito pela ANP, o preço mínimo vendido entre os postos consultados é de R$ 4,78. Já a gasolina mais cara custa R$ 5,04. Em março deste ano o preço médio da gasolina era vendido R$ 4,51. O aumento em cinco meses foi de 7,53%.

Etanol

O preço do etanol, ou álcool como popularmente é chamado, está sendo vendido a um preço médio de R$ 4,00. O mais barato encontrado na consulta R$ 3,83. No mês de março, o preço médio do etanol era vendido para o consumidor a R$ 4,13. O etanol foi o que sofreu a maior queda entre os combustíveis, 3,14%. Por outro lado, alguns postos estão vendendo o combustível ao valor de R$ 4,25.

Diesel

O diesel comum está sendo vendido a um preço médio de R$ 3,29. O valor mínimo encontrado pelos consumidores é de R$ 3,20. O preço mais alto praticado é R$ 3,59. Já o Diesel S10 está sendo vendido a preço médio de R$ 3,47. O valor mais em conta do S10 custa R$ 3,28. Já o preço mais salgado é de R$ 3,69. Em março o diesel era vendido a R$ 3,35 e o S10 R$ 3,50. Na comparação com cinco meses atrás, a queda no preço de ambos não ultrapassou a casa de 1%.

GLP

A Agência Nacional do Petróleo também informou o preço do botijão de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), ou gás de cozinha, vendido ao consumidor. O preço médio do botijão de 13 kg em Erechim é de R$ 76,17. O preço mínimo encontrado pela pesquisa foi de R$ 70,00. Já o maior preço do botijão foi encontrado a R$ 82,00. Na comparação com o mês de março, a queda nas distribuidoras é de 4,78%, equivalente a, R$ 3,83.

Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.