Erechim, AMAU, CDL, ACCIE, Unindústria e Sindilojas já encaminharam recurso para reverter bandeira vermelha

Na manhã deste sábado (11), o município de Erechim, juntamente com técnicos da secretaria da Saúde e entidades, reuniram-se para elaborar e encaminhar ao Governo do Estado, o recurso para tentar reverter a bandeira vermelha.

 O técnico da Saúde, Jackson Arpini, disse que o recurso é bem amplo e tem esperança que será possível reverter.

“Município, AMAU, CDL, ACCIE, Unindústria e Sindilojas, estão unindo esforços e da melhor maneira, buscando reverter a bandeira vermelha para não entrar em vigor na próxima terça-feira. Isso está causando insegurança para o setor produtivo. Estou confiante que vamos conseguir”, destacou o presidente da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim, Fábio Vendruscolo.

Já o secretário municipal da Saúde, Dércio Nonemacher, comentou estar pessimista: “Estou um pouco pessimista desta vez. Os nossos argumentos estão se esgotando”.

O prefeito, Luiz Francisco Schmidt, também falou sobre a elaboração do recurso: “O recurso se propõe a discutir até mesmo a política de distanciamento social proposta pelo governo. Não discutimos os índices porque alguns são desfavoráveis à região como um todo e ao município em especial. Quem decide é o Gabinete da Crise e a ele, submetemos argumentos também inquestionáveis. Mesmo nos momentos difíceis desta semana, não ocupamos mais de 50% da estrutura disponível. Temos esperança, menores que nas vezes anteriores, onde os números nos defendiam. A decisão está nas mãos de quem julga o Estado inteiro”.

Por Egidio Lazzarotto 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais