Secretário Basso sem lenço e sem documento na política

Até o dia 3 de março de 2020, quando se abre a janela de transferência de vereadores, o vereador e secretário Leandro Basso, está igual a famosa música de Caetano Veloso: “sem lenço e sem documento”. Basso continua filiado ao PRB, mas sem a mínima condição de conviver com a nova direção partidária.

Entretanto o inferno astral pode estar com os dias contados, o caminho mais provável deverá ser o PL, dos deputados Paparico e Cherini. O secretário Basso tem a intenção de concorrer a majoritária nas eleições municipais do próximo ano e poderia fazer uma dobradinha com Marcos Lando (PDT).

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.