Secretário Basso sem lenço e sem documento na política

Até o dia 3 de março de 2020, quando se abre a janela de transferência de vereadores, o vereador e secretário Leandro Basso, está igual a famosa música de Caetano Veloso: “sem lenço e sem documento”. Basso continua filiado ao PRB, mas sem a mínima condição de conviver com a nova direção partidária.

Entretanto o inferno astral pode estar com os dias contados, o caminho mais provável deverá ser o PL, dos deputados Paparico e Cherini. O secretário Basso tem a intenção de concorrer a majoritária nas eleições municipais do próximo ano e poderia fazer uma dobradinha com Marcos Lando (PDT).

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais