Aratiba é o município mais desenvolvido em Educação no Estado

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) divulgou no último dia 29 de junho o Índice Firjan de Desenvolvimento (IFDM), dados que expõem setores como emprego e renda, educação e saúde de cada um dos municípios brasileiros.

Aratiba aparece na Octogésima primeira colocação no Estado e na posição de número 431 no Ranking Nacional. Na Educação os dados de 2016 indicam que somos o Primeiro no Estado e o Décimo Oitavo no País com índice de 0,9985.

Na Saúde estamos  com índice 0,9392 na 78°  posição no Estado, e na geração de Emprego e  renda  com índice de 0,4633 na 326°. Segundo o prefeito Guilherme Eugênio Granzotto, os dados apresentados demonstram um excelente trabalho na Educação e na Saúde, mostrando que os investimentos efetuados pelo  Município na Educação como construção da Escola Municipal e a formação continuada  de professores, o cuidado com a saúde no Posto de Saúde e no Hospital Comunitário com investimentos públicos trouxeram  bons avanços nas duas áreas.

Granzotto porém,  demonstra preocupação com a geração de emprego e renda, já que estamos com índice baixo. “Estamos com  índice 0,46 na  oferta de emprego, alguns outros municípios da região estão com índices melhores, estamos em 326° no estado  e outros Municípios  da região como Gaurama (163°), Barra do Rio Azul (143°) e Barão de Cotegipe (230°) entre outros  tiveram até menos investimentos mas oportunizaram mais emprego e renda.  Neste íncide precisamos melhorar, mas na Educação e Saúde queremos louvar todos os esforços feitos pelos gestores que estiveram  à  frente do nosso Município e temos o compromisso de manter a excelência no atendimento buscando  proporcionar cada vez mais qualidade de vida a população”. Resume Granzotto.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais