Em busca dos primeiros pontos fora, Ypiranga enfrenta o Bragantino pela Série C

Na tarde deste sábado, 12 de maio, às 16h, o Ypiranga encara o Bragantino, pela quarta rodada da Série C do brasileiro, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Empatar fora de casa contra o bom time do Bragantino seria um grande resultado para o Canarinho. Depois de vencer a Luverdense no último domingo, em casa, o time parte em busca dos seus primeiros pontos fora. Apesar de não ter feito uma grande partida na rodada passada, o time de Márcio Nunes venceu e garantiu mais três pontos na tabela de classificação.

Uma boa campanha do Ypiranga na Série C depende primeiramente de vencer os jogos dentro de casa. Na temporada passada a campanha fora foi muito boa, porém, o Canarinho não conseguia superar seus adversários em casa. Já em 2018, o clube verde-amarelo está com 100% de aproveitamento jogando dentro de seus domínios. Se o empate em Bragança Paulista pode ser considerado um grande resultado, perder para o time paulista não é nenhum ponto fora da curva. Um jogo que o Ypiranga não poderia ter perdido, é para o Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Este era para buscar pontos.

 

Que venha o Lajeadense

O Ypiranga já atingiu 50% dos seus objetivos na Divisão de Acesso ao garantir a classificação para as quartas de final. O adversário será o Lajeadense. Equipe tradicionalíssima do nosso futebol gaúcho, e que possivelmente trará muitos desafios para o Canarinho. O primeiro jogo deverá ocorrer já na próxima semana, na Arena Alviazul, em Lajeado. A vantagem do clube verde-amarelo por ter terminado a primeira fase do Grupo B na liderança, é a possibilidade de trazer para dentro do Colosso da Lagoa os confrontos da volta das quartas e semifinal.

 

A prioridade é a Divisão de Acesso

Na última semana, em entrevista para o programa BV Esportes, da Rádio Cultura, o gerente de futebol do Ypiranga, Renan Mobarack, fez questão de enaltecer que a prioridade do Canarinho neste momento é a Divisão de Acesso. Desde o dia 15 de abril, quando estreou na Série C do Brasileiro contra o Joinville, o clube vem jogando nos meios de semana pelo acesso e nos finais de semana pelo certame nacional. Mobarack faz bem em dizer publicamente que enquanto não terminar a Divisão de Acesso, o foco principal é nesta competição, mesmo sabendo que a Série C é muito importante. Aquele discurso de “queremos ganhar tudo o que disputamos” é um clichê do futebol. O importante neste momento é priorizar e ter foco no objetivo mais próximo de ser alcançado.

 

Mata-Mata

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) faz bem em deixar os jogos de mata-mata do Ypiranga para os meios da semana, afinal, a função da entidade não é apenas organizar as competições, mas também cuidar de seus filiados. Em razão de o Canarinho ser o único representante gaúcho na Série C do Brasileiro, o clube já recebeu a confirmação da realização dos jogos sempre aos meios de semana. Aliás, diga-se de passagem, a relação entre Ypiranga e FGF vem melhorando muito nos últimos anos.

 

Pontuação para evitar o rebaixamento

Desde 2012, quando foi alterada a fórmula de disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, os clubes que evitaram o rebaixamento precisaram de pontuações diferentes, por isso, fazer uma média com números de edições anteriores é difícil. No ano passo, o Bragantino evitou o rebaixamento com 21 pontos, mas com 20 pontos não correria riscos. Nas edições de 2015 e 2016, Guaratinguetá e Macaé evitaram o rebaixamento com 16 pontos. Em 2014, o Caxias evitou o rebaixamento com 22. Na temporada 2014, o Madureira fugiu do rebaixamento somando 19. Já em 2012, o mesmo Madureira evitou a queda somando 23 pontos, porém, era necessários apenas 19 para evitar o rebaixamento.

 

Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.