Psicologia da URI discute depressão e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

        O Curso de Psicologia da URI Erechim realizou, no dia 19 de março, no Auditório da Universidade, o primeiro encontro do Ciclo de Palestras “Psicologia em Debate”, cujo objetivo é trazer resultados de pesquisas e temas emergentes da área para discussão.

        As professoras Cassandra Cardoso e Fernanda Grendene apresentaram dados referentes às teses de doutorado em Avaliação Psicológica. Ambas abordaram a depressão, uma patologia que afeta 322 milhões de pessoas no mundo. A professora Cassandra pesquisou a prevalência da depressão em crianças e adolescentes, enquanto a professora Fernanda investigou o público idoso.

        A prevalência da depressão, de acordo com a professora Cassandra, é de 1% a 2,5% da população nas crianças e de 4 a 9% em adolescentes. Desde 2013 foram evidenciados episódios depressivos graves em mais de 2,5 milhões de adolescentes em todo mundo. “Os casos são relacionados a problemas sociais e familiares, dificuldades cognitivas, sedentarismo, uso de álcool e outras drogas”, explica.

        No público idoso a situação também é preocupante: somente no Rio Grande do Sul, 30,6% de idosos apresentaram sintomas depressivos. No mundo, cerca de 2,5 a 3 milhões de idosos são acometidos pela doença. O quadro clínico, conforme explica a professora Fernanda, é semelhante ao de outras faixas etárias. “Alguns sintomas podem aparecer mascarados, como é o caso da fadiga, distúrbios do sono, dores físicas, ansiedade, entre outros”, explica. Em ambas as situações, as professoras frisaram a importância do diagnóstico precoce para intervenções adequadas e efetivas.

        Em seguida, a professora Jacqueline Bianchi Enricone falou sobre Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), problematizando o diagnóstico e ao mesmo tempo destacando a importância deste diagnóstico e do acompanhamento da criança e adolescente, uma vez que o transtorno pode trazer prejuízos no que tange a aprendizagem e, por sua vez, na condição psicológica e emocional.

        A segunda palestra do evento acontecerá na próxima quarta-feira, 17, no Salão de Atos da Universidade, com o tema “Conflitos Conjugais: Discutindo a Relação”. O assunto será abordado pelos professores Angélica Paula Neumann e Cristofer Batista da Costa. O evento é gratuito e aberto a toda comunidade.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais