Renan Soccol sugere que doadores de medula óssea fiquem isentos de taxas de inscrição em concursos municipais

Não é de hoje que são realizadas inúmeras campanhas com o objetivo de conscientizar a população acerca da importância da doação de medula óssea. Capaz de salvar vidas de portadores de doenças hematológicas, o transplante deste tecido só não é mais realizado no Brasil devido à oferta, consideravelmente inferior à demanda. A fim de tentar amenizar este problema no âmbito municipal, o vereador Renan Soccol (PSDB) apresentou, durante a sessão ordinária da última segunda-feira (9), um pedido em que sugere ao Executivo a criação de uma lei que isente da taxa de inscrição em concursos públicos municipais pessoas cadastradas no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (Redome). A solicitação foi aprovada por unanimidade entre os parlamentares.

Como são cada vez mais frequentes as demandas por transplantes de medula óssea, Soccol entende como extremamente necessária a realização de alguma medida que beneficie as pessoas que aguardam por uma solução rápida em seus casos. “A questão chave está em expandir de forma consciente e sistemática o número de doadores. Esta proposição objetiva oferecer mais uma alternativa de estímulo para ampliar o cadastro e captação de doadores deste tecido”, explica o edil, ressaltando que hoje, cerca de 1200 pessoas esperam pelo transplante no país.

Paralelo a isso, está o fato de que também tem crescido o número de pessoas que realizam concursos públicos no Brasil – algo que, de acordo com o vereador, pode acabar gerando um estímulo a mais, além da oportunidade de salvar uma vida. “Atualmente, milhões de brasileiros estão envolvidos no processo de concursos públicos. Trata-se de uma oportunidade relevante de estimular, pela isenção da taxa de inscrição, os que realizam concursos a se tornarem doadores de medula óssea. Essa medida pode ter um impacto significativo para a redução do déficit de doadores”, enfatiza Soccol.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais