Seca causa perdas e problemas com abastecimento de água em Cruzaltense

O governo de Cruzaltense e o escritório municipal da Emater estão fazendo levantamento das perdas causas pela estiagem no município. As chuvas esparsas e reduzidas dos últimos 40 dias provocam perdas nas lavouras de soja, milho e feijão e prejudicaram as pastagens, prejudicando a produção de leite. Riachos secaram em várias comunidades e a vazão das fontes diminuiu bastante nas propriedades rurais. Dois poços artesianos que abasteciam as famílias e muitos açudes, de onde os agricultores tiravam água para os animais também secaram.

Para amenizar o problema de abastecimento de água, a prefeitura e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Campinas do Sul estão transportando água até as propriedades em caminhões tanque. Os moradores armazenam água como podem, em pequenos e grandes recipientes.  A prefeitura também está fornecendo reservatórios e cedendo máquinas da Secretaria de Obras para a limpeza de fontes e açudes. “O governo está tentando ajudar as famílias na medida do possível, mas esta seca vai trazer reflexos ao longo do ano, com prejuízos em larga escala”, disse o secretário da Agricultura, Daniel Kraemer.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais