Estudantes do Colégio São José são aprovados em até seis universidades e Instituições de Ensino Superior de vários Estados

A educação fundamentada em princípios e valores é o alicerce para a autonomia

Há 96 anos o Colégio Franciscano São José leva o compromisso de oferecer um ensino de qualidade a todos os estudantes. A trajetória que se inicia com os primeiros passos na Educação Infantil vai até o Ensino Médio, período no qual o estudante tem autonomia para fazer a escolhas profissionais.

Mais de 90% dos estudantes do Colégio foram aprovados nos vestibulares para cursos como: Medicina, Odontologia, Direito, Engenharias Civil e Mecânica, Educação Física, Arquitetura, Nutrição, Enfermagem, Biomedicina, Psicologia, Ciências Contábeis, Administração, Agronomia, Ciências da Computação e Medicina Veterinária.

Já em relação às universidades, destacam-se a URI, UPF, UNOCHAPECÓ, FAG, FASURGS, UNOESC, UNISINOS, FADEP, ESTÁCIO, UNINOVE, UFSM, UNIVAÇO, UNIFENAS, ANHAMBI MORUMBI, ACAFE, UCEPEL, UNIARP, UNIVATES, FURG e UNC.

O curso de medicina é um dos mais disputados entre os vestibulandos. Para quem é aprovado no vestibular é uma grande felicidade, mas já pensou ser aprovado em mais de uma Instituição? Essa é a realidade de muitos estudantes do Colégio Franciscano São José.

As crianças que ontem brincavam nos corredores do Colégio hoje são os profissionais do futuro. Augusto Oro Remor, Gabrielle Bonfanti, Laura Corradi Pagliosa, Sabrina Sbeghen e Maria Eduarda Todescati são alguns dos estudantes que passaram em medicina. Os estudantes salientaram a importância do Colégio Franciscano São José no êxito das aprovações dos vestibulares.

Confira alguns depoimentos dos aprovados em medicina.

Depoimento de Augusto Oro Remor:

“Durante minha escolarização no Ensino Médio do Colégio Franciscano São José, aprendi diversos princípios, entre eles, que não devemos desistir dos nossos sonhos. Ter aprovação em seis Universidades está sendo algo muito gratificante para mim, pois quando tudo parece estar perdido, começa a surgir evoluções e começamos a perceber que cada momento de estudo vale a pena e que tudo acaba sendo compensado com a tão sonhada aprovação em medicina. ”

Depoimento de Gabrielle Bonfanti:

“Foi muito desafiadora a minha trajetória pela vida escolar, mas muito do que eu sou e do que aprendi devo ao São José, e é com muito orgulho que posso afirmar que com a ajuda de toda equipe educacional do São José consegui a sonhada aprovação em medicina”.

Depoimento de Laura Corradi Pagliosa:

“Quando eu decidi que queria cursar medicina, que é uma profissão que eu admiro desde pequena, todos os profissionais do São José me ajudaram muito com as matérias mais cobradas nos vestibulares. Todo o meu empenho valeu a pena, e eu finalmente vou seguir a profissão que sempre admirei”.

Depoimento de Sabrina Sbeghen:

“O São José sempre foi muito além do que um colégio pra mim. Um lugar com pessoas acolhedoras e sempre dispostas a passar o máximo de conhecimento, seja ele sobre conteúdos ou sobre a vida. Só tenho a agradecer por ter a oportunidade de aprender com excelentes profissionais e amigos. Fica para sempre meu respeito, admiração e gratidão por essa família”.

Depoimento de Maria Eduarda Todescati:

“O São José me proporcionou um ensino sólido e de qualidade.  Aprendi que com estudo e dedicação tudo é possível. Serei sempre grata aos meus professores, aos funcionários da escola e, principalmente, pela Cleci, a qual foi uma verdadeira mãe para todos os estudantes do Ensino Médio”.

Além de aprovações em mais de uma Universidade, nossos estudantes também se destacaram em 1º lugar em algumas Instituições, e um desses destaques é a concluinte do Ensino Médio de 2018, Vitória Borré, que foi aprovada em 1º lugar no curso de Educação Física da URI. Vitória destacou, em seu depoimento, a importância da educação, pois somente ela tem a desafiadora tarefa de preparar as novas gerações.

Depoimento de Vitória Borré, estudante aprovada em 1º lugar Educação Física:

“No primeiro momento, acredito que a educação é realizada pelos pais. Porém, depois de certa idade, a responsabilidade de ensinar é divida com uma instituição de ensino, a qual nos permite sonhar com o nosso futuro a partir de uma simples pergunta: “o que você quer ser quando crescer? ”. Eu, particularmente, decidi cursar Educação Física, e graças ao Colégio Franciscano São José, onde estudei desde meus seis anos, consegui passar na UFSM, e em 1º lugar na URI. Agora, mesmo tendo terminado o Ensino Médio, estou apenas começando a investir na minha carreira profissional, continuando os meus estudos. ”

“Acredito que esse resultado positivo é fruto de um trabalho realizado em conjunto entre família, escola e o próprio estudante. A família dá o suporte necessário. A escola fornece a bagagem de conhecimento que permite alçar altos voos desenvolvendo habilidades e competências para enfrentar os desafios que vem pela frente, dentre eles, o vestibular. O estudante entra com sua dedicação aos estudos. Ao par disso, estou convicta de que os vínculos afetivos que se criam e se consolidam na escola constituem um terreno fértil que produz segurança, autonomia e autoconfiança no estudante, o que muito contribui para uma escolha feliz e o êxito profissional”, conclui a Coordenadora do Ensino Médio, Cleci Luisa Lovera.

A educação prepara a criança, o adolescente e o jovem para seguir novos caminhos e ganhar o mundo, e é esse um dos compromissos do Colégio Franciscano São José: educar para a autonomia.

 

Comentários estão fechados.