Localizado corpo de professora que desapareceu em Marcelino Ramos

Foi localizado por volta das 16h30min deste domingo, 11 de fevereiro, o corpo da professora Lusiane Althaus, 40 anos, que estava desaparecida desde a sexta-feira (09), em Marcelino Ramos. O corpo foi encontrado por uma pescadora, boiando às margens do lago do Rio Uruguai.

Segundo informações, Althaus estava hospedada em um hotel nas Termas do município e teria saído para meditar, logo após o meio-dia. Como não retornou, foi procurada por conhecidos que encontraram no local onde ela teria ido, próximo ao rio, algumas roupas e uma toalha.

A parte do rio que passa pela área onde a professora estaria meditando é de grande profundidade e mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Porto Alegre estiveram na cidade para auxiliar nas buscas.

Althaus era natural de Ibirapuitã e atualmente residia em Ernestina, onde lecionava. Ela estava visitando Marcelino Ramos a passeio.

Comentários estão fechados.