Documento elaborado no seminário contra a privatização da água será entregue ao prefeito de Erechim

O seminário que debateu a privatização da água em Erechim, realizado na terça-feira, dia 09 de janeiro, formulou um documento com os encaminhamentos realizados durante o evento, que será entregue ao prefeito municipal de Erechim, Luiz Francisco Schmidt nesta quinta-feira, 11 de janeiro, às 14h.

Integrantes do Fórum Popular em Defesa da Água farão a entrega ao prefeito, e convidam a população a participar. “Vereadores, lideranças políticas, comunitárias, igrejas, associações, imprensa e a população em geral, estão sendo convidadas a acompanhar a entrega do documento, que será feita na prefeitura. Esperamos que esse momento possa ser o pontapé inicial de um diálogo do governo municipal com a sociedade, aprofundando o debate que é necessário ser feito sobre o futuro da água no nosso município”, afirma a coordenadora do fórum, Laís Tonatto.

Veja alguns dos encaminhamentos propostos pelo seminário:

– Suspensão imediata do edital de licitação 09/2016;

– Aprofundar o debate com a população para buscar a melhor solução para o abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto na cidade;

– Retomada imediata das negociações entre Prefeitura e Corsan, com a participação de representantes da sociedade civil (Fórum popular em defesa da água, Câmara Municipal de Vereadores, Ministério Público, entre outros);

– Liberação imediata da carta de anuência pela Prefeitura Municipal de Erechim, conforme solicitado pela Corsan através do Ofício 0047/2017-GP no dia 17 de janeiro de 2017, o que permitirá o inicio das obras de tratamento de esgoto.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.