Documento elaborado no seminário contra a privatização da água será entregue ao prefeito de Erechim

O seminário que debateu a privatização da água em Erechim, realizado na terça-feira, dia 09 de janeiro, formulou um documento com os encaminhamentos realizados durante o evento, que será entregue ao prefeito municipal de Erechim, Luiz Francisco Schmidt nesta quinta-feira, 11 de janeiro, às 14h.

Integrantes do Fórum Popular em Defesa da Água farão a entrega ao prefeito, e convidam a população a participar. “Vereadores, lideranças políticas, comunitárias, igrejas, associações, imprensa e a população em geral, estão sendo convidadas a acompanhar a entrega do documento, que será feita na prefeitura. Esperamos que esse momento possa ser o pontapé inicial de um diálogo do governo municipal com a sociedade, aprofundando o debate que é necessário ser feito sobre o futuro da água no nosso município”, afirma a coordenadora do fórum, Laís Tonatto.

Veja alguns dos encaminhamentos propostos pelo seminário:

– Suspensão imediata do edital de licitação 09/2016;

– Aprofundar o debate com a população para buscar a melhor solução para o abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto na cidade;

– Retomada imediata das negociações entre Prefeitura e Corsan, com a participação de representantes da sociedade civil (Fórum popular em defesa da água, Câmara Municipal de Vereadores, Ministério Público, entre outros);

– Liberação imediata da carta de anuência pela Prefeitura Municipal de Erechim, conforme solicitado pela Corsan através do Ofício 0047/2017-GP no dia 17 de janeiro de 2017, o que permitirá o inicio das obras de tratamento de esgoto.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais