“O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá” será a peça da abertura oficial do Festival de Teatro Âmbito Estadual

Dentro das atividades que serão desenvolvidas na abertura oficial do Festival de Teatro de Erechim Âmbito Estadual, que acontece nesta segunda-feira, 10, a partir das 19h no palco do Centro Cultural 25 de Julho, acontece a apresentação da peça “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, da Cia Teatral Era Uma vez, do município de Rio Grande e direção de Marlon Britto

O Festival acontece de 10 a 15, numa realização do município, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas, Fecomércio e SESC.

Os ingressos para todas as apresentações serão distribuídos gratuitamente e limitados em duas unidades por pessoa, devendo ser retirados no Departamento de Cultura, Esporte e Turismo, das 7h30 às 13h30, localizado na Avenida Pedro Pinto de Souza, 100, junto ao Arquivo Histórico Municipal.

Sinopse da peça:

O temperamento do gato malhado não era dos melhores. Sua fama de encrenqueiro era tanta que, quando ele aparecia na fazenda, todos fugiam, o papagaio, dona Andorildes, a vaca. Até as flores se fechavam à sua passagem.

Todos gostavam de fazer fofocas e intrigas sobre o gato. Só a Coruja era sua amiga. Porém, ele não sabia é que havia alguém que não tinha nem um pouco de medo dele e admirava sua personalidade e seu jeito. A bela Andorinha Sinhá, que começa a ter ideias avançadas sobre a sociedade dos animais da fazenda.

Com grande lirismo, a história do amor de um gato mau por uma adorável andorinha assume o tom fabular dos contos infanto-juvenis. Além de se transformar em um improvável caso de paixão, a narrativa mostra como duas criaturas bem diferentes podem não apenas conviver em paz como mudar a maneira de ver o mundo.

Inspirado no texto de Jorge Amado, direção e adaptação Marlon Britto.

As apresentações continuam na terça-feira, 11, a partir das 9h, com a peça adulta “Como matar um playboy”, do Grupo Teatral Selenita, com direção de José Cláudio Grando do município de Maximiliano de Almeida. Á tarde, às 14h30 acontece a peça “Revolta dos Brinquedos” do Grupo Teatral 19 de Março de Paim Filho, tendo na direção Fernanda Rodrigues Chaves.

Encerrando os trabalhos do dia, às 19h30 é a vez do espetáculo adulto “Leonce e Lena” do Grupo de Teatro Coadjuvantes do município de Charqueadas com direção de Eduardo Arruda. As apresentações seguem até o sábado, 15, momento em que também acontecerá a cerimônia de premiação.

 

Comentários estão fechados.