Dono de mercado interditado pela FT Alimentar volta a ser preso em Erechim

Aproximadamente 48 horas após ter sido preso pela Força-Tarefa Alimentar, o proprietário do Mercado Feranti, no bairro Aldo Arioli, voltou a ser detido na manhã desta sexta-feira, 10 de novembro, em Erechim.

Na quarta-feira ele havia sido preso por crime contra as relações de consumo e contrabando, por vender medicamentos irregulares, cigarros paraguaios e apresentar sérios problemas de higiene. O local foi interditado.

Hoje, de acordo com a promotora de Justiça de Erechim Karina Denicol, foi feita a solicitação de desinterdição do estabelecimento, mas quando a equipe da Vigilância Sanitária e do Ministério Público chegaram ao local, encontraram o mercado já produzindo alimentos e nas gôndolas, caixas de leite com prazo de validade vencido. A Brigada Militar foi acionada e o proprietário preso por descumprimento de ordem legal.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais