Prefeito de Aratiba participa de reunião da ANEEL

Com o objetivo de estabelecer diálogo e aproximação com a nova diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica e as suas superintendências, o prefeito de Aratiba, Guilherme Granzotto, participou nesta quarta-feira (10) de audiência em Brasília. A reunião foi agendada pela Associação Nacional dos Municípios sedes de Usinas e Alagados- AMUSUH. Na pauta da reunião está o debate sobre a revisão do preço médio da energia gerada estabelecido pela ANEEL; os impactos causados aos municípios sedes de usinas no retorno do ICMS sobre a geração de energia; avaliação sobre o repasse de informações às Secretarias de Fazenda dos estados sobre o preço médio da energia gerada para fins de cálculo do Valor Adicionado Fiscal e discutir as razões da queda do valor da Tarifa Atualizada de Referência, que é a base de cálculo da Compensação Financeira pela Utilização dos Recursos Hídricos( CFURH).

A Compensação Financeira pela Utilização dos Recursos Hídricos para Fins de Geração de Energia Elétrica foi instituída pela Constituição Federal de 1988. Trata-se de um percentual que as concessionárias de geração hidrelétrica pagam pela utilização de recursos hídricos. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) gerencia a arrecadação e a distribuição dos recursos entre os beneficiários: Estados, Municípios e órgãos da administração direta da União. As concessionárias pagam 6,75% do valor da energia produzida a título de Compensação Financeira.

Na região de abrangência da Usina Hidrelétrica de Itá, os municípios gaúchos de Aratiba, Marcelino Ramos, Mariano Moro e Severino de Almeida e os catarinenses  Alto Bela Vista Arabutã,  Concórdia,  Ipira,  Itá e Peritiba recebem os recursos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais