CORSAN inicia na próxima semana obra para resolver falta de água no balneário no verão

Depois da obra de recuperação do assoalho da ponte rodoferroviária, iniciada efetivamente esta semana, o mês de outubro começa com mais uma excelente notícia para o turismo de Marcelino Ramos. Depois de muitas reivindicações da prefeitura, de lideranças da comunidade, da Associação dos Comerciantes do Balneário (ASCOBOL), a CORSAN decidiu investir em obras de melhorias no abastecimento de água no Balneário. Nas últimas duas temporadas, principalmente durante as festas de final de ano, período com maior concentração de turistas e ocupação de imóveis, o Balneário sofreu em determinados períodos com a falta de água. A rede atual não comportava mais o abastecimento das 200 unidades consumidoras que existem no local e a necessidade de investimento era algo urgente.

O Superintendente da CORSAN em Passo Fundo, Aldomir Antonio Santi, em entrevista concedida ao Portal de Marcelino, foi porta voz de uma notícia que há muito tempo estava sendo aguardada pela comunidade. Ele confirmou que próxima segunda-feira, dia 15, uma equipe deverá iniciar a implantação de uma nova rede de distribuição de 150 milímetros (rede atual é de 60mm) e também de um reservatório de aço inox com capacidade para 100 metros cúbicos. O primeiro passo será implantar a rede num determinado trecho da avenida Beira Rio, pelo passeio público, nas margens do lago até o reservatório que vai ficar num terreno indicado pela prefeitura de Marcelino Ramos.  A obra, se não ocorrerem atrasos significativos, deverá ser concluída em 60 dias. Ou seja, para a próxima temporada de verão o sistema novo de abastecimento já deverá estar em operação. O material que vai ser usado, pelo menos parte dele, já encontra-se no município, entre eles, o reservatório de inox. O investimento na obra chega a R$ 300 mil.

O Superintendente da CORSAN acredita que com essa obra o problema de abastecimento no Balneário deverá estar resolvido para os próximos 2º ou até 30 anos já que trata-se de um rede com grande capacidade e também um reservatório de bom volume. Não se descarta, durante a obra de implantação, de ocorrerem problemas relacionados a interrupção no fornecimento de água, pois há risco de rompimento da atual rede.

Aos poucos vamos avançando: Obras na ponte, implantação de uma novo torre de telefonia com sinal chegando no balenário e agora uma ampliação da rede de distribuição de água.

Abaixo fotos do reservatório que chegou esta semana em Marcelino Ramos.

Por Marcelo Santos / Portal de Marcelino Ramos

00

Comentários estão fechados.