Município poderá ser um dos patrocinadores do Atlântico e Ypiranga

Ainda, no caminho de uma gestão profissional e Movimento Por Um Futebol Melhor

O Atlântico recebia em torno de R$ 27 mil ao mês para ceder o ginásio do CER Atlântico para todos os jogos do campeonato municipal de futsal, segurança e outras despesas. O Ypiranga recebia aproximadamente R$ 29 mil ao mês para disponibilizar uma sala ao Departamento de Turismo, jogos finais do municipal e o Salão Branco do estádio Colosso da Lagoa para realização de eventos, reuniões e outros, porém os contratos de aluguel do município de Erechim com os clubes foram encerrados em 2017, no governo de Luiz Francisco Schmidt, e a não renovação impactou diretamente nas finanças do Galo e do Canarinho.

Na última semana recebi informação de que o governo municipal está estudando a possibilidade de repassar um valor para ambos os clubes, mas, através de patrocínio na camisa e não mais em aluguéis e serviços, como ocorria até meados do ano passado. Segundo a fonte que informou a coluna, os valores seriam abaixo dos contratos anteriores.

O prefeito Luiz Francisco Schmidt confirmou que está trabalhando para viabilizar esses repasses, mas não revelou qual seria o valor destinado aos clubes. A prefeitura de Erechim pretende fazer o que alguns municípios já fazem com clubes locais, estampar o brasão da cidade nas camisetas.

Testes da Pré-temporada

Na próxima segunda-feira, 12 de fevereiro, o Ypiranga encara o Concórdia Atlético Clube, no estádio Domingos Machado de Lima, em Concórdia, Santa Catarina. Este será o terceiro amistoso do Canarinho na pré-temporada. Os dois primeiros, o time comandado por Márcio Nunes perdeu, para o Aimoré (1 a 0) e para o Grêmio (3 a 2).

O Galo do Oeste, como é conhecido o time de Concórdia, é o quarto colocado na tabela de classificação do campeonato catarinense.

Aliás, o primeiro amistoso do Ypiranga diante do seu torcedor será contra este mesmo Concórdia no próximo dia 20 de fevereiro, porém, não está descartada a possibilidade do amistoso ser realizado em alguma outra cidade da região Alto Uruguai.

Em busca da primeira vitória

A pré-temporada é o período do ano que serve para o treinador de um clube de futebol fazer seus testes, ou seja, é onde ele tem carta branca para errar, mas nem por isso os resultados não são importantes. Até o momento o time do Ypiranga perdeu os dois amistosos que disputou e isso de certa forma incomoda a todos no Colosso da Lagoa.

No amistoso contra o Aimoré, o Canarinho perdeu através de um gol de pênalti. Na partida contra o tricolor, no último domingo (04), no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, os gols sofridos surgiram de falhas individuais de alguns jogadores. Após a partida o treinador, Márcio Nunes, fez questão de destacar os erros do seu sistema defensivo.

No caminho de uma gestão profissional

Na última semana conversei com alguns profissionais que estão há algum tempo trabalhando no estádio Colosso da Lagoa e na conversa, questionei sobre como estava o trabalho da atual gestão. As respostas foram semelhantes, para não dizer iguais, mas em resumo falam sobre a profissionalização que está sendo implantada no clube.

“Não há como comparar a organização de agora com as anteriores”, destacou um dos profissionais, que trabalhou com as últimas três direções do Ypiranga. É fato que o Canarinho parece estar no caminho certo, mas é preciso dizer que no futebol tudo se resume aos resultados dentro de campo.

Movimento Por Um Futebol Melhor

A direção do Ypiranga e o Grupo Master Supermercados anunciaram oficialmente na última semana, a renovação da parceria para 2018. Responsável pela captação de muitos sócios, o Movimento Por Um Futebol Melhor, deverá novamente receber atenção da direção do clube nesta temporada.

A parceria iniciada na gestão do então presidente Osvaldino Fuzzinato, não recebeu muita atenção no período de gestão do presidente Luiz Felipe De Marchi. Aliás, nos bastidores do Colosso da Lagoa havia certa preocupação com a possibilidade de o Grupo Master não renovar a parceria para 2018.

Liga Nacional de Futsal

A Liga Nacional de Futsal 2018 contará com 19 equipes participantes, sendo que uma das novidades será a inclusão de um time do norte do país, o Shouse do Pará. O clube foi convidado para este ano participar da maior e mais disputada competição de futsal do mundo.

Até a próxima semana deverá ser divulgada oficialmente pela organização da Liga Nacional de Futsal, a tabela de jogos e o regulamento da competição. É possível adiantar que na edição 2018 serão 19 clubes que participarão do certame nacional, avançando para a fase de mata-mata os 16 primeiros colocados.

A Liga Nacional de Futsal tem previsão de início para o dia 17 de março e término no final do mês de novembro.

Forças do Interior no Gauchão 2018

Apesar de considerar inimaginável uma queda do Grêmio para a Divisão de Acesso ou até mesmo uma quartas de final sem o tricolor, a edição 2018 do Campeonato Gaúcho tem colocado como destaque alguns dos principais times do interior gaúcho: Caxias e Brasil de Pelotas.

Ao lado do Juventude, essas equipes são apontadas nas últimas décadas como as principais forças do Rio Grande do Sul, depois da dupla grenal. Hoje é possível ver bons jogos no campeonato gaúcho, além dos jogos de Grêmio e Internacional.

O primeiro teste do Galo

Nesta sexta-feira, 09 de fevereiro, às 20h, o Atlântico realizará o primeiro jogo treino da temporada 2018. O verde-rubro recebe o Joaçaba Futsal, no Caldeirão do Galo, em Erechim.

No próximo dia 17 de fevereiro, o Galo vai até Santa Catarina encarar o Joaçaba, no Centro de Eventos da UNOESTE. Este será o último amistoso antes da estreia na Copa Verão de Futsal, que acontece no dia 22 de fevereiro, às 20h45min, contra o Tubarão, em Capão da Canoa.

Por Fabio Lazzarotto 

Comentários estão fechados.