Estacionamento rotativo: agora vai

O problema da falta de vagas para estacionar na região central de Erechim parece, finalmente, estar chegando ao fim. A empresa que executará o serviço já iniciou a pintura das áreas e a demarcação das vagas. O contrato com a última empresa que executava o serviço no município foi rompido pelo poder público municipal no final de 2016, ainda na gestão do prefeito Paulo Polis.

É perceptível o entusiasmo de membros do governo com a tecnologia da nova empresa que irá explorar o estacionamento rotativo pago na Capital da Amizade. No entanto, é preciso ter cautela e dar tempo a empresa antes de se ficar maravilhado apenas pelo discurso e demonstrações do serviço. No governo anterior, a Expark era tratada como o que havia de mais moderno no Brasil e no final das contas, deu no que deu.

 Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.