Maiara & Maraísa, Alok, Grupo do Bola, Henrique & Juliano e Os Monarcas são os grandes shows das Frinape 2018

Evento que marca o Centenário de Erechim foi lançado na noite desta quarta-feira, dia 8

 

A Frinape 2018, a feira que marca os 100 anos de Erechim, foi lançada oficialmente, na noite desta quarta-feira, 8, no Polo de Cultura. Durante o evento, que contou com a presença de mais de 200 pessoas, foram anunciados os grandes shows que irão se apresentar durante a sua realização, de 9 a 18 de novembro de 2018: Maiara & Maraísa, dia 10/11; Alok, 14/11, Grupo do Bola, 16/11, Henrique & Juliano, 17/11, e Os Monarcas, 18/11. No domingo, dia 11, haverá festival infantil. A venda dos ingressos inicia no dia 13 de agosto, através do site minhaentrada.com.br e em pontos fixos.

A Frinape 2018 tem como Presidente de Honra o prefeito Luiz Francisco Schmidt. O Patrono é Claudionor José Mores e os homenageados são os ex-prefeitos Eloi João Zanella, Antonio Dexheimer e Paulo Alfredo Polis.

O lançamento iniciou com o pronunciamento do presidente da ACCIE e presidente Executivo da Frinape 2018, Fábio Vendruscolo. Ele falou que a programação que estava sendo apresentada é o resultado da experiência dos eventos anteriores, “a busca da nossa marca de evolução, mas, principalmente, a nossa responsabilidade com os compromissos financeiros e, especialmente, a expectativa da comunidade local e regional em relação a esta feira”, comentou.

O presidente da ACCIE disse acreditar no papel indutor de desenvolvimento e transformador do ânimo das pessoas, das comunidades, dos agentes sociais, das entidades, quando têm a possibilidade de mostrar, em meio a uma grande festa, suas potencialidades, seus produtos, suas ideias, trocar experiências, e ver naqueles que estão ao seu lado como se pode chegar ao sucesso sustentável nas suas atividades e, mais uma vez, mostrar Erechim e região ao mundo.

Fábio Vendruscolo afirmou que “é hora de nos abraçarmos de modo fraternal e fazer da nossa Frinape, nos 100 anos, mais do que uma Feira, mais do que negócios, mais do que exposição, mas um momento de demonstrar a todos, à nossa cidade, à nossa comunidade regional, ao nosso Estado, que podemos ter objetivos comuns, distribuir sorrisos, abraços, conviver com lideranças, trocar informações e experiências, ou simplesmente conviver nestes dias de feira, para justificar a todos porque somos conhecidos como Capital da Amizade.

Em seguida, as coordenadoras da Comissão Social, Denise Sponchiado e Deunice Fiebig, apresentaram as Princesas Étnicas, Nativa e Prenda da Frinape 2018 e as candidatas ao título de Rainha da Frinape 2018.

100 ANOS DE SONHOS E UNIÃO. O ERECHIM QUE ACONTECE.

Ao retornar ao palco, o presidente da ACCIE, Fábio Vendruscolo, apresentou as Comissões que estão ajudando a construir essa grande feira, as principais atrações de cada Comissão, o conceito da campanha publicitária, que tem como slogan “100 anos de sonhos e união. O Erechim que acontece”, e anunciou os grandes shows.

Segundo ele, quando se pensou em realizar a Frinape nos cem anos de Erechim, se imaginou em uma grande festa. “Queríamos um presente para Erechim, uma feira que marcasse a nossa memória e fizesse jus a toda a nossa história”, explicou. Em seguida, surgiu o questionamento: “E como falar de tudo isso? Qual seria a cara da nossa Frinape dos 100 anos?”

De acordo com o presidente da ACCIE, os principais fatores de sucesso para que Erechim e a região tivessem prosperado tanto foram a integração e a miscigenação de diferentes povos. “Por isso, consideramos que esta é a hora de celebrarmos a coragem dos nossos antepassados em uma grande festa”, revelou. Conforme falou, não teríamos chegado até aqui sem o trabalho incansável dos nossos imigrantes. Eles chegaram a Paiol Grande com muito pouco, ou muitas vezes nada, e fizeram Erechim acontecer com esperança, coragem e muita visão. “E é exatamente isso que queremos homenagear, trazendo à campanha da Frinape elementos característicos de cada povo, da sua cultura, ou as suas

grandiosas contribuições para Erechim. Nosso comércio, a indústria, a agricultura, o folclore, a música, a gastronomia, a cultura… toda a diversidade da Frinape está representada nesta campanha, que faz jus à nossa história”, sentenciou.

MELHORIAS

Entre as melhorias para essa 16ª edição da Feira Regional, Industrial e Agropecuária de Erechim estão uma cobertura permanente na Praça de Alimentação, marquise para o subsolo do Pavilhão 2, ampliação de estacionamento, possível novo acesso para abastecimento do parque e entrada de animais.

Na área de entretenimento já estão confirmados o parque de diversões e helicóptero para voos dos visitantes.

NOVIDADES

Durante a solenidade foi anunciada uma novidade: um aplicativo oficial, cujo lançamento será no dia 25 de agosto, durante o Desfile de Passarela do Concurso de Escolha da Rainha da Frinape 2018. Essa ferramenta dará acesso permanente à programação, compra de ingressos e notificações.

Outra inovação é que, em parceria com a Cristalina, serão distribuídos 350 mil pacotes de erva promocionais da Frinape 2018 no Mato Grosso, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e em todo estado do Rio Grande do Sul.

Entre as atrações confirmadas da Cidade da Cultura estão Orquestra da Ulbra, Tour Duca Leindecker, Cia da Cidade, Orquestra de Brinquedos e Circo Tholl.

Na Fenagro haverá exposição morfológica de cavalo crioulo, exposição e comercialização de ovinos, exposição e julgamento de gado leiteiro, remate de gado de corte, apresentação da vitrine da carne e campo técnico demonstrativo para equipamentos e máquinas agrícolas.

Na Fenamate já está confirmado o Show com Shana Müller. Também foi anunciada a realização do Festival Bota Amarela com apresentações do Coração Gaúcho e 4 Gaudérios, dia 12/11; Chiquito e Bordoneio e Banda Passarela, 13/11; e Os Monarcas, 18/11. Esses shows serão gratuitos na arena de shows principal.

O grande diferencial desta edição é que terá entrada livre para a feira todos os dias.

SÓ HAVERÁ SUCESSO SE TODOS COLABORAREM

O prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt, afirmou que mais uma vez, Erechim fará uma Feira à altura da nossa gente. Segundo ele, essa não precisa ser maior ou mais grandiosa, mas tem que ser exatamente aquilo que nós queremos produzir: em shows, em cultura, em afinidade, em entrosamento e congraçamento da população. “E não é só negócios, nós queremos descobrir quem nós somos, quem nós fomos, o que nós queremos ser, qual é o caminho que vamos trilhar”. De acordo com Schmidt, a feira só será um sucesso se todos colaborarmos. “Vamos juntos fazer uma grande feira”, finalizou, convidando a todos a participarem.

O evento encerrou com show de Rafael Malenotti, do Acústicos e Valvulados.

Comentários estão fechados.