As cortinas do 25 de Julho se abrem para o Festival de Teatro de Erechim

Com a apresentação da peça Saltimbancos do município de Machadinho, o palco do Centro Cultural 25 de Julho abriu as cortinas na noite desta segunda-feira, 8, para o Festival de Teatro de Erechim, 2ª Edição, que acontece até o dia 13 de julho, numa realização da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas.

Aos presentes, a oportunidade de vivenciar momentos de arte e cultura através das mais diferentes peças que irão se apresentar até a próxima sexta-feira. De ter a certeza de que a magia da dramaturgia proporcionará um aprendizado e momento de resgate de uma das mais antigas formas de manifestação cultural do mundo, o teatro. Prestigiaram o evento o prefeito Luiz Francisco Schmidt e diversas autoridades locais.

Nos trabalhos de abertura, Stella Bento, da capital do Estado, jurada e representante do IEACEN, destacou que esta segunda edição do Festival de Teatro de Erechim vem estimular ainda mais a formação de novos grupos locais e da região do Alto Uruguai. “Este é um momento para parabenizar a Prefeitura de Erechim que proporciona este momento único das artes cênicas, incentivando o surgimento de novos talentos”.

Por sua vez, o secretário de Cultura Leandro Basso destacou que, com a realização desta segunda edição do Festival de Teatro o desafio passa a ser maior, o de fazer com que a população local e regional volte para a casa de cultura, ou seja, ocupar o Centro Cultural 25 de Julho.  “O palco possibilita que novos artistas melhorem as suas técnicas. Serão cinco dias de espetáculos, onde a qualidade não estará relacionada a quantidade”.

Programação:

Terça-feira:
Os trabalhos iniciaram às 9h com a oficina de treinamento “O ator compositor”, tendo como instrutor Neidmar Alves. Às 14h30 tem o espetáculo infantil “A Revolta dos Brinquedos”, da Oficina de Teatro de Marcelino Ramos, seguido de debate às 15h30. Ás 19h30, espetáculo adulto “Gritos” do Grupo Teatral Sincrônicos de Erechim, seguido de debate às 20h30.

Quarta-feira:
Espetáculo adulto “A vida de Fiorentino Bachi”, às 9h, do Grupo Aldeia Teatral de Machadinho, seguido de debate às 10h. Ás 14h30, espetáculo infantil“Astronautas – uma aventura no espaço”, do Grupo Teatral Selenita de Maximiliano de Almeida, seguido de debate às 15h30. Ás 19h30, espetáculo adulto “Ãrrã”, do Grupo Nósmoscada Cia de Teatro de Erechim, seguido de debate às 20h30.

Quinta-feira:
Às 9h tem espetáculo infantil “A comédia dos erros”, do Grupo Teatral 19 de Março de Paim Filho, seguido de debate às 10h. Ás 14h30, oficina com Neidmar Alves com o tema “A linguagem de encenação no teatro”. Ás 19h30, espetáculo adulto “A mulher sem pecado”, do Grupo Devassos de Erechim, seguido de debate às 20h30.

Sexta-feira:
As atividades iniciam às 14h30 com o espetáculo infantil “Um berto, dois berto, três berto” do Grupo Novos Talentos de Maximiliano de Almeida, seguido de debate às 15h30. Às 19h30 tem o espetáculo adulto “Aqui se faz, aqui se paga”, da Cia Teatro Arte e Fato de Aratiba, seguido de debate às 20h30.

Sábado:
Oficina A linguagem de encenação no teatro”, com Neidmar Alves às 9h, seguido da cerimônia de premiação às 15h.

 

Comentários estão fechados.