Apresentada nova gestão da UFFS Campus Erechim

Diretor eleito apresentou à comunidade acadêmica os novos ocupantes dos cargos de coordenação

O novo diretor eleito da UFFS – Campus Erechim, Luís Fernando Santos Corrêa da Silva, apresentou à comunidade acadêmica, na tarde desta segunda-feira (8), a sua equipe de gestão. A data de transmissão do cargo ainda está sendo definida e será divulgada nos próximos dias. O atual diretor, Anderson Ribeiro, entregará o cargo para assumir a Reitoria da Universidade.

Durante a apresentação da equipe, Luís Fernando destacou a legitimidade do processo de escolha dos novos diretores e reitor por parte da comunidade universitária. “Temos uma posição clara da necessidade de reafirmar a legalidade do nosso processo democrático e de autonomia universitária, valores basilares para uma instituição universitária que se entende pública e popular”, disse o docente. Sobre a sua gestão, enfatizou que há “questões extremamente importantes para tratar, como evasão, retenção, qualificação dos processos acadêmicos e administrativos”.

Antes de apresentar a equipe, Luís Fernando convidou Anderson para falar. O futuro reitor destacou a necessidade de fazer uma reestruturação organizativa na Instituição, “principalmente para dar conta do acréscimo de trabalho acadêmico que há nos campi nos últimos anos, e que não foi acompanhado no mesmo ritmo por uma reestruturação de pessoal e de estrutura organizativa”.

Anderson também disse ser necessária a “aproximação entre Reitoria e direção de Campus como instâncias decisórias”. Sobre o processo de transição no Campus Erechim, afirmou que está ocorrendo “de uma forma muito tranquila, da mesma forma como vimos o processo democrático ser conduzido”.

Luís Fernando apresentou Sandra Pierozan, professora do curso de Pedagogia, como a nova coordenadora acadêmica. “Temos uma atividade bastante interessante nos próximos anos e especialmente em 2019, quando a UFFS faz 10 anos. Coloca-se para nós o desafio de fazer um redesenho da Universidade, da sua atuação, da sua relação com a comunidade”, disse Sandra.

– As pessoas já começam a entender que a UFFS não veio para tirar espaço de ninguém, mas isso precisa ser mais evidenciado com a parte acadêmica, com todo o suporte da Extensão e da Cultura, da Pós-Graduação e da Pesquisa. A razão deste espaço é ter aluno, e talvez seja essa a dificuldade mais pontual – destacou a professora.

Já a Coordenação Administrativa ficará a cargo da assistente em administração Elizabete Pedroski, que hoje atua na Secretaria Geral de Cursos.

– O desafio será muito grande. Estamos aqui comprometidos, pensando no Campus e na Universidade, pensando em ter os alunos e fazer com que eles se sintam em casa, bem como os técnicos e os docentes. Queremos continuar fazendo com que o Campus Erechim seja um campus acolhedor e que os alunos se mantenham aqui – enfatizou Elizabete.

Luís Fernando apresentou também os novos ocupantes das coordenações adjuntas de Pesquisa e Pós-Graduação e de Extensão. Professor do curso de Agronomia, Valdecir José Zonin atuará na primeira.

– É preciso dar potencialidade aos nossos próprios potenciais. Entender onde nós estamos e aonde queremos chegar, o que a pesquisa e a pós-graduação já fizeram, o que elas trilharam e quais os novos horizontes. Produzir inovações em conjunto potencializando, talvez, novos mestrados e novas especializações – disse Valdecir.

O professor Robson Paim, do curso de Geografia, será o novo coordenador adjunto de Extensão.

– Vamos potencializar aquilo que temos e buscar novas frentes de trabalho e parcerias, sejam internas ou externas, principalmente com a pesquisa e o ensino. Coloco-me como um aprendente na possibilidade de criar redes colaborativas de extensão – afirmou Robson.

A nova gestão do Campus Erechim foi escolhida em 1º turno pela comunidade universitária em consulta prévia e informal realizada em 29 de abril.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais