Apresentada nova gestão da UFFS Campus Erechim

Diretor eleito apresentou à comunidade acadêmica os novos ocupantes dos cargos de coordenação

O novo diretor eleito da UFFS – Campus Erechim, Luís Fernando Santos Corrêa da Silva, apresentou à comunidade acadêmica, na tarde desta segunda-feira (8), a sua equipe de gestão. A data de transmissão do cargo ainda está sendo definida e será divulgada nos próximos dias. O atual diretor, Anderson Ribeiro, entregará o cargo para assumir a Reitoria da Universidade.

Durante a apresentação da equipe, Luís Fernando destacou a legitimidade do processo de escolha dos novos diretores e reitor por parte da comunidade universitária. “Temos uma posição clara da necessidade de reafirmar a legalidade do nosso processo democrático e de autonomia universitária, valores basilares para uma instituição universitária que se entende pública e popular”, disse o docente. Sobre a sua gestão, enfatizou que há “questões extremamente importantes para tratar, como evasão, retenção, qualificação dos processos acadêmicos e administrativos”.

Antes de apresentar a equipe, Luís Fernando convidou Anderson para falar. O futuro reitor destacou a necessidade de fazer uma reestruturação organizativa na Instituição, “principalmente para dar conta do acréscimo de trabalho acadêmico que há nos campi nos últimos anos, e que não foi acompanhado no mesmo ritmo por uma reestruturação de pessoal e de estrutura organizativa”.

Anderson também disse ser necessária a “aproximação entre Reitoria e direção de Campus como instâncias decisórias”. Sobre o processo de transição no Campus Erechim, afirmou que está ocorrendo “de uma forma muito tranquila, da mesma forma como vimos o processo democrático ser conduzido”.

Luís Fernando apresentou Sandra Pierozan, professora do curso de Pedagogia, como a nova coordenadora acadêmica. “Temos uma atividade bastante interessante nos próximos anos e especialmente em 2019, quando a UFFS faz 10 anos. Coloca-se para nós o desafio de fazer um redesenho da Universidade, da sua atuação, da sua relação com a comunidade”, disse Sandra.

– As pessoas já começam a entender que a UFFS não veio para tirar espaço de ninguém, mas isso precisa ser mais evidenciado com a parte acadêmica, com todo o suporte da Extensão e da Cultura, da Pós-Graduação e da Pesquisa. A razão deste espaço é ter aluno, e talvez seja essa a dificuldade mais pontual – destacou a professora.

Já a Coordenação Administrativa ficará a cargo da assistente em administração Elizabete Pedroski, que hoje atua na Secretaria Geral de Cursos.

– O desafio será muito grande. Estamos aqui comprometidos, pensando no Campus e na Universidade, pensando em ter os alunos e fazer com que eles se sintam em casa, bem como os técnicos e os docentes. Queremos continuar fazendo com que o Campus Erechim seja um campus acolhedor e que os alunos se mantenham aqui – enfatizou Elizabete.

Luís Fernando apresentou também os novos ocupantes das coordenações adjuntas de Pesquisa e Pós-Graduação e de Extensão. Professor do curso de Agronomia, Valdecir José Zonin atuará na primeira.

– É preciso dar potencialidade aos nossos próprios potenciais. Entender onde nós estamos e aonde queremos chegar, o que a pesquisa e a pós-graduação já fizeram, o que elas trilharam e quais os novos horizontes. Produzir inovações em conjunto potencializando, talvez, novos mestrados e novas especializações – disse Valdecir.

O professor Robson Paim, do curso de Geografia, será o novo coordenador adjunto de Extensão.

– Vamos potencializar aquilo que temos e buscar novas frentes de trabalho e parcerias, sejam internas ou externas, principalmente com a pesquisa e o ensino. Coloco-me como um aprendente na possibilidade de criar redes colaborativas de extensão – afirmou Robson.

A nova gestão do Campus Erechim foi escolhida em 1º turno pela comunidade universitária em consulta prévia e informal realizada em 29 de abril.

Comentários estão fechados.