Aprovada moção do vereador Leandro Basso em apoio a projeto de senador que beneficia trabalhadores de arte e cultura

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, muitos trabalhadores pelo Brasil tiveram suas atividades canceladas e/ou suspensas por tempo indeterminado. Tal situação, além de trazer prejuízos financeiros inestimáveis, ainda fragiliza emocionalmente esses cidadãos. Como uma das classes mais atingidas pelas restrições impostas pela pandemia, os trabalhadores das áreas de arte e cultura motivaram a criação de um projeto de lei pelo senador Humberto Costa, que cria benefício a quem exerce suas atividades nas áreas citadas e perdeu sua fonte de renda em função da pandemia. Na sessão ordinária da última segunda-feira (6), foi aprovada no plenário da Câmara a moção de apoio ao projeto em questão, de autoria do vereador Leandro Basso (Progressistas).

“A emergência em saúde pública decorrente do coronavírus terá efeitos devastadores na economia do país. No entanto, alguns setores sentirão o efeito de maneira mais destacada, como a classe artística, que foi a primeira a ser atingida devido aos diversos cancelamentos de eventos”, destaca Basso, chamando a atenção para o fato de que a mesma categoria deverá ser a última a retomar plenamente suas atividades, já que muitas envolvem a aglomeração de pessoas. “Importante salientar que muitos desses profissionais são informais, sem carteira assinada, e este benefício será a única fonte de renda enquanto perdurarem os efeitos da pandemia. Aqui mesmo em nossa cidade já estão sentindo estes efeitos”, completa o vereador.

Após a aprovação no plenário, a moção foi encaminhada ao Senado Federal.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais