Centenário investe para promover o desenvolvimento regional

Parceria com o município de Floriano Peixoto possibilita melhorias na infraestrutura de estradas do Alto Uruguai

Fazer investimentos para fomentar o desenvolvimento do Alto Uruguai. Este é o principal objetivo de uma parceria firmada entre os municípios de Centenário e Floriano Peixoto. A cooperação irá possibilitar a construção de uma ponte que vai facilitar o acesso entre os dois municípios.

Segundo o prefeito de Centenário, Hilário José Kolassa, essa obra é uma reivindicação bastante antiga da população dos dois municípios, mas que esbarrava na falta de recursos para construção. “Definimos, por meio de uma parceria com o município de Floriano Peixoto, esta obra como prioridade, que vai trazer benefícios para toda a região”, comentou ele.

Segundo o prefeito, o principal benefício para os dois municípios é a facilidade na integração regional, pois a obra vai ser um facilitador na ligação entre os dois municípios, já que esta estrada deverá encurtar as rotas para as empresas que vendem e entregam produtos na região.

Além da importância da obra para o desenvolvimento regional o prefeito também enfatiza que curto prazo de entrega também é um benefício para as população dos dois municípios. “ Esta obra está sendo iniciada, já foi aprovado o projeto ambiental e as máquinas iniciaram o trabalho na última semana. O objetivo é, se as condições climáticas permitirem, que em um prazo de aproximadamente 60 dias estar encerrada”, enfatizou ele.

A ponte terá o formato de galerias, com dois metros de altura e irá ligar as comunidades de Rio dos Índios e Linha Betiol, em Floriano Peixoto. E pela parceria, o município de Floriano Peixoto ficou responsável pelas questões burocráticas, como as licenças, as licitações, sendo que e o município de Centenário vai participar com 50% do valor da obra.

Após o termino da obra, haverá um investimento voltado para a melhora na trafegabilidade da estrada, o que vai servir como um facilitador da integração regional e fomentador do desenvolvimento econômico.

Comentários estão fechados.