Oficializado Administrador Paroquial em Itatiba do Sul

O Administrador Diocesano de Erexim, Pe. Antonio Valentini Neto, presidiu missa na igreja São Roque de Itatiba do Sul, concelebrada por 4 padres, na qual oficializou  Pe. Isalino Rodrigues como Administrador Paroquial daquela Paróquia, nesta sexta-feira. A celebração contou com a participação do coral municipal, de muitos ministros, representantes da maioria das comunidades e uma caravana de Getúlio Vargas, onde Pe. Isalino foi vigário paroquial por seis anos.

O Administrador Diocesano iniciou a homilia lembrando o tempo da quaresma e o sempre renovado convite à reconciliação com Deus que passa pela reconciliação com os irmãos e irmãs. Conversão que se expressa na prática da justiça evangélica, conforme as leituras do dia. Ressaltou que a  prática da justiça evangélica e da reconciliação, do perdão fraterno a todos, na família, na comunidade cristã, na sociedade civil é apresentada a todos e cada um a realiza, em primeiro lugar, vivendo bem os compromissos de seu batismo, de sua opção vocacional. Manifestou reconhecimento ao trabalho do Pe. Edinaldo dos Santos Bruno que atuou por 4 anos e meio em Itatiba do Sul e que se encontra em tratamento de saúde. Expressou gratidão também ao Pe. Cleocir Bonetti que atendeu a Paróquia nos últimos messes e ao Pe. Isalino por seu trabalho em Getúlio Vargas. Lembrou as três dimensões do ministério presbiteral, a liturgia, a pregação e o serviço pastoral.

Na sequência, solicitou ao Pe. Isalino a renovação de seus compromissos de ordenação presbiteral e lhe entregou símbolos de sua atuação como Administrador Paroquial, a Bíblia, a estola e a chave do sacrário. Convidou-o também ao toque do sino, que lembra a convocação de Deus para a comunidade se reunir em assembleia litúrgica expressando sua fé e confirmando seus compromissos de vida cristã.

Após algumas manifestações no final da celebração, Pe. Isalino, a pedido do Administrador Diocesano, deu a bênção aos participantes, juntamente com os padres concelebrantes.

Concluído o ato litúrgico, mais de 350 pessoas dirigiram-se ao salão comunitário para o jantar, preparado com alegria e dedicação por voluntários da sede paroquial.

—————————————.

Para a homilia na missa de oficialização do Pe. Isalino como Administrador Paroquial em Itatiba do Sul

– saudação aos irmãos e irmãs da sede paroquial e das outras comunidades,

– saudação aos participantes desta celebração vindos de comunidades de outras Paróquias, especialmente de Getúlio Vargas, casal padrinho de ordenação do Pe. Isalino….

– saudação aos ministros e ministras,

– saudação às religiosas;

– saudação ao Pe. Cleocir Bonetti, coordenador da Cúria Diocesana e que veio atendendo a Paróquia na impossibilidade do Pe. Edinaldo dos Santos Bruno, em tratamento de saúde; ao Pe. Isalino, a ser oficializado Administrador Paroquial; aos outros padres concelebrantes.

Já no final da primeira semana da quaresma, iniciada dia 26 passado com o rito das cinzas e a abertura da Campanha da Fraternidade sobre a vida, dom e compromisso e seu apelo para o cuidado dela, a exemplo do bom samaritano e de Santa Dulce dos pobres, que viram, sentiram compaixão e cuidaram do ferido da parábola e dos machucados excluídos de São Salvador da Bahia, temos o ato de oficialização do Administrador Paroquial desta Paróquia de São Roque deste município de Itatiba do Sul.

Na liturgia daquele dia, ouvíamos a exortação de São Paulo: deixai-vos reconciliar com Deus. Aquele que não cometeu nenhum pecado, Deus o fez pecado por nós, para que nele nós nos tornemos justiça de Deus.

A Palavra de Deus nestes dias de quaresma, vai retomando esta dimensão da conversão e indicando-nos aspectos bem concretos nos quais devemos realiza-la, lembrando-nos a misericórdia de Deus.

A leitura de hoje ressalta a necessidade de confirmar permanentemente nossa decisão por Deus e a sua pronta disposição a perdoar quem se arrepende do mal. Se o ímpio se arrepender e praticar o direito e a justiça, viverá, seus pecados não serão lembrados. Mas alerta que o justo pode se desviar da justiça, praticar o mal e perder a vida divina.

No evangelho, Cristo também pede a justiça, mas não como observância legalista e fria de alguns preceitos. Devemos vivê-la com generosidade e gratuidade. Não basta não matar, é necessário viver fraternalmente, com a disposição ao perdão e à reconciliação.

A prática da justiça evangélica e da reconciliação, do perdão fraterno a todos, na família, na comunidade cristã, na sociedade civil é apresentada a todos e cada um a realiza, em primeiro lugar, vivendo bem os compromissos de seu batismo, de sua opção vocacional, seja a do matrimônio da vida familiar, como bom leigo e leiga, participante ativo da comunidade, presença transformadora na sociedade; seja a da vida religiosa consagrada a Deus nos chamados conselho evangélicos da pobreza, castidade e obediência para inteira disponibilidade aos irmãos e irmãs; seja a do ministério ordenado para o serviço pastoral ao povo.

Assim, o Pe. Edinaldo vive este ideal no ministério presbiteral, que já tem 17 anos, 4 anos e meio deles aqui em Itatiba. Sem dúvida, é oportuno e necessário, neste momento, louvarmos a Deus pelo tempo de seu ministério, mas especialmente pelos anos dele vividos aqui. Deus o recompense por tudo aquilo que ele é e realiza pelo bem de nossa Igreja. Que Deus também, no tempo que vai dedicar ao cuidado de sua saúde e de seu revigoramento espiritual, o fortaleça para a nova missão que lhe for confiada.

Igualmente o Pe. Isalino vive o ideal da justiça da reconciliação no ministério ordenado 05 de janeiro de 2013 e como padre desde o 21 de fevereiro de 2014, na Paróquia Imaculada Conceição de Getúlio Vargas. É necessário bendizermos a Deus pelo que este jovem viveu com seu idealismo e entusiasmo vive e realiza entre nós. Pe. Isalino, Deus lhe dê a recompensa pela sua dedicação e pela sua disponibilidade em assumir esta nova função paroquial. Temos certeza de que você realizará frutuosa ação evangelizadora nesta Paróquia.

Ao se oficializar um padre numa função eclesial é sempre bom recordar a tríplice dimensão do seu ministério, ajudar os irmãos e irmãs a se santificarem, anunciar-lhes a Palavra de Deus para crescerem na fé, guiá-los no seguimento a Cristo, Bom Pastor. Em outras palavras, anunciar a Palavra, celebrar os sacramentos, viver o serviço pastoral. Profecia, Liturgia e Serviço.

É oportuno também destacar que o todo padre vive sua missão com os irmãos e irmãs a quem é enviado. Por vezes deverá ir à frente para estimular a todos a seguir com determinação; outras vezes estará nomeio de todos para conviver, para expressar sua proximidade, especialmente com os doentes, com os empobrecidos, para encorajar, para planejar; outras, deverá estar atrás para amparar quem tem dificuldades para caminhar, quem pode estar desanimado ou em depressão e não vê como seguir em frente. Mas de todos precisa ter o apoio, a participação, o compromisso com a comunidade que ele deve animar e conduzir pastoralmente.

É oportuno lembrar que o padre, ao conduzir uma Paróquia, precisa seguir diretrizes pastorais e administrativas da Diocese, da Igreja e as leis fiscais e tributárias da sociedade civil. E elas são para todos. No tempo em que fui pároco, sentia especial dificuldade quando alguém vinha pedir que desse um jeito, ou seja, fizesse uma exceção para um batizado, o casamento, a colaboração do dízimo. Também, por vezes, não me sentia bem quando membros de Conselho Econômico de comunidade queriam realizar construções ou reformas sem a planta, sem nota de material e de serviços profissionais.

Para isto tudo, é indispensável a consciência de que a Igreja é formada por todos nós e de que ela deve ser, como propõem as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, comunidade missionária, fundada sobre 4 colunas, a Palavra, o Pão, a Caridade e a Ação Missionária. Diretrizes que a nossa Diocese, em seu Plano de Evangelização para o quadriênio deste ano a 2023, assume buscando Evangelizar, a partir da escuta e da vivência da Palavra de Deus, alimentados pela Eucaristia, fortalecendo uma Igreja diocesana de comunhão e participação, em saída, rumo à plenitude; procurando ser Igreja discípula cultivando a iniciação à vida cristã e a formação permanente; ser Igreja missionária nos desafios da cultura urbana; Igreja samaritana ou servidora, na prática da comunhão e da participação.

Para concluir, vivendo estes e outros aspectos, crescemos na fé, na comunhão fraterna e poderemos celebrar com alegria a festa da Páscoa que se aproxima. Que assim seja.

————————.

Ao entregar os símbolos

Bíblia: Ao entregar-lhe a Bíblia, recordo-lhe a missão fundamental de anunciar a Palavra de Deus. que forma na justiça, educa na fé, ilumina o caminho da vida. Para anuncia-la é indispensável apropriar-se dela através da sua leitura orante, da liturgia das horas, da liturgia eucarística. Que a Palavra de Deus seja a fonte inspiradora de seu ministério.

Estola: Na ordenação, você recebeu a estola. Representa o poder sacerdotal, que é serviço ao povo. Exercendo o ministério, você celebrará o batismo, a eucaristia, a confissão, o matrimônio. Que todos encontrem em você a acolhida de Cristo, que recebia a todos, confortava, perdoava, curava e abençoava. Que no sacramento da confissão, todos sintam o abraço do Pai misericordioso.

Chave do Sacrário: Lembre-se de que a Eucaristia é ápice e a fonte de toda a liturgia e da vida cristã, em que se realiza a unidade do povo de Deus e se completa a construção do Corpo de Cristo. Por isso, zele com todo o cuidado para que a Eucaristia seja o centro de toda a ação pastoral e de toda a vida da Paróquia.

—————————-.

Pe. Isalino

nasceu no dia 8 de julho de 1976, em Mariano Moro. É filho de Alcebíades Rodrigues e Rosalina Falkoski Rodrigues (ambos falecidos). Tem um irmão e cinco irmãs. Isalino entrou no Seminário Nossa Senhora de Fátima para o Curso do Propedêutico, no ano de 2005. Cursou a Filosofia no IFIBE Teologia no Itepa, em Passo Fundo. Foi ordenado diácono no dia 05 de janeiro de 2013, em Severiano de Almeida. Lema diaconal: “Enviou-me para anunciar”.  Fez estágio diaconal em Getúlio Vargas. Foi ordenado padre no dia 21 de fevereiro de 2014, em Severiano de Almeida.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais