Jovens gauramenses que completam 18 anos em 2020 já podem fazer o alistamento militar

A obrigatoriedade começou em 1º de janeiro e encerra em 30 de junho deste ano

Já começou o prazo para o alistamento no serviço militar obrigatório. Os jovens do sexo masculino que completam 18 anos em 2020 têm até o dia 30 de junho para cumprir a obrigatoriedade que pode ser presencialmente junto à Junta de Serviço Militar, localizada no prédio da prefeitura ou on-line.

Para o procedimento presencial, o jovem deverá ter em mãos a certidão de nascimento ou carteira de identidade ou de motorista, CPF, o comprovante de residência atual e uma foto 3×4 recente que será escaneada (pode ser de um documento recente se tiver).

Para executar o procedimento online, basta acessar o site www.alistamento.eb.mil.br, com o número do CPF e preencher o formulário para validação dos dados pessoais. No ato do alistamento, para a emissão do Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), será emitida uma taxa no valor de R$ 4,44, que deverá ser paga no Banco do Brasil.

A secretária da Junta Militar de Gaurama, Salete De Geroni, explica sobre os  impedimentos que podem ocorrer com quem não regularizar a sua situação. “Ele não poderá tirar passaporte, prestar exame para estabelecimento de ensino, ingressar no serviço público, poderá ter empecilho na iniciativa privada (uma vez que, muitas empresas exigem o documento para a contratação), dentre outras situações desconfortáveis”, exemplificou.

O jovem que não se alistar pode ser punido com uma multa cujo valor varia conforme o tempo decorrido até que se apresente à Junta Militar. Neste ano, a expectativa do Ministério da Defesa é que quase 2 milhões de jovens realizem o alistamento. Destes, 100 mil devem ser incorporados para trabalhar em organizações militares da Marinha, do Exército ou da Aeronáutica.

Comentários estão fechados.