Barão de Cotegipe elabora rota da erva-mate

Representantes das instituições que integram o Comitê Regional de Turismo do Polo Ervateiro do Alto Uruguai se reuniram na terça-feira (07/01) na Prefeitura de Barão de Cotegipe. Esta foi a primeira reunião para a elaboração da rota turística da erva-mate e contou com a participação de integrantes do Comitê, entre eles da Emater/RS-Ascar, conveniada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), e demais envolvidos que vão atuar no roteiro, como os agricultores familiares, além de autoridades, como o prefeito Vladimir Luiz Farina.

“A reunião foi muito produtiva, conseguimos avançar definindo as próximas etapas”, avalia Sandra Maria Palavicini, extensionista da Emater/RS-Ascar de Barão de Cotegipe, ao anunciar para o início de março a próxima reunião, quando serão apresentados os três roteiros turísticos do Polo Ervateiro do Alto Uruguai, que contempla os municípios de Erechim, Áurea e Barão do Cotegipe.

Por enquanto o RS mantém em funcionamento as rotas turísticas Rota do Chimarrão, em Venâncio Aires e Ilópolis, o Caminhos da Erva-Mate, em Novo Barreiro, e entre Machadinho e Erechim dois novos roteiros estão sendo organizados.

É projeto do Programa Gaúcho para a Qualidade e a Valorização da Erva-Mate instituir a Rota da Erva-Mate no Rio Grande do Sul, integrando cinco roteiros turísticos, envolvendo a produção e industrialização da erva-mate nos cinco polos ervateiros já consolidados: polos Planalto/Missões, envolvendo os municípios de Palmeira das Missões e Novo Barreiro; Alto Uruguai, na região de Erechim, com os municípios de Áurea, Barão de Cotegipe e Erechim; Nordeste gaúcho, na região de Machadinho; Alto Taquari, envolvendo a região de Ilópolis; e região dos Vales, em Venâncio Aires.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais