Jornada comemora os 20 anos do Curso de Farmácia da URI

 

Teve início na noite desta segunda-feira, 07, a XVIII Jornada de Estudos Farmacêuticos da URI que comemora, neste ano, duas décadas de instalação do Curso de Farmácia. A solenidade, realizada no Anfiteatro, marca também a realização da I Jornada do Curso de Biomedicina, criado este ano na Universidade.

        O evento, que conta também com a XVI Mostra Científica e a IX Mostra de Extensão, começou com apresentação cultural do Coro da URI, regido pelo maestro Marcio Buzatto com a participação de Renan Chapuis ao piano.

        A solenidade contou com a presença do Reitor Arnaldo Nogaro; o Diretor-Geral do câmpus, professor Paulo Roberto Giollo; o Chefe de Departamento e Coordenador da Área de Ciências da Saúde, professor Flavio Zambonato; o Coordenador do Curso, professor Luis Carlos Chicota; a professora Mariluce Jaskulski, da Comissão Organizadora; e a acadêmica Gisele Smaniotto, representante da turma 2017, que contribuiu na organização do evento.

        O Coordenador do Curso, Luis Carlos Chicota, ao abrir os pronunciamentos, destacou o trabalho realizado nessas duas décadas formando profissionais farmacêuticos que vêm fazendo a diferença na área da saúde regional. “Comemorar é, principalmente, honrar todos os que pensaram, construíram e fizeram crescer um sonho, um grande projeto que se transformou esse curso”, destacou Chicota. Depois de manifestar gratidão a todos os professores envolvidos, além de alunos, funcionários, direção e reitoria, completou: “Nestes momentos difíceis do país, que não nos falte paixão e coragem pelo que fazemos”.

        O Diretor-Geral, Paulo Roberto Giollo, igualmente manifestou o seu entusiasmo com o trabalho desenvolvido pelo curso ao longo dessas duas décadas. “Podemos dizer que o Curso de Farmácia foi um ponto marcante na vida da Universidade, pois deu sequência, depois do Curso de Enfermagem, à criação de uma área extremamente importante para a região, que foi o desenvolvimento da formação de profissionais na área da saúde e que tem sido fundamental para todos”, reforçou o Diretor.

        O Reitor Arnaldo Nogaro, que acompanhou todos os passos para instalação desta graduação, disse que o Curso de Farmácia teve e tem um significado especial para a Universidade e para a população. “Pude acompanhar praticamente todos os grandes momentos deste curso e posso comprovar que formamos profissionais éticos e competentes, como é a missão da URI”.

        O Reitor lembrou, igualmente, a figura do professor José Ângelo Zuanazzi, primeiro palestrante da Jornada, que foi fundamental na montagem da estrutura do curso que está sendo fundamental na formação acadêmica. Zuanazzi, que é Diretor da Faculdade de Farmácia da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) falou sobre a farmacognosia, um dos mais antigos ramos da farmacologia.

        As Jornadas de Estudos Farmacêuticos e de Biomedicina estão sendo realizadas com o apoio do Conselho Regional de Farmácia; LaborSys; De Conto Produtos Hospitalares e Laboratoriais; Hotel Palis e Unicred.

Comentários estão fechados.