Fiação caída, pendurada em postes e invadindo asvias

227

 

Não é de hoje e nem mesmo ‘culpa’ apenas da chuva e vento do último domingo que tem comprometido os cabos da iluminação pública, telefonia e internet, em Erechim. Em alguns pontos da cidade a fiação fica na altura da cabeça dos pedestres, colocando em risco quem se desloca pela calçada ou precisa estacionar. Na Av. Tiradentes, em frente ao Atacadão Econômico, demorou quase um ano para uma medida ser adotada. “A fiação estava praticamente pendurada ao alcance da cabeça dos transeuntes. A desculpa sempre era relacionada à chuva, vento e, nenhuma solução era adotada. Com a ventania de domingo e fiação sujeita a encostar-se a um prédio, nenhuma justificativa foi suficiente. Um poste ficou pendido e foi preciso trocá-lo. Na via tem várias casas de madeira e a preocupação era eminente”, disse o morador.

Perigo para pedestres e condutores

A fiação comprometida também preocupa condutores e funcionários do Distrito Industrial, no acesso ao bairro, Rua Dr. João Caruso nas proximidades do Castagnara, Dr. Hiram Sampaio em frente à Cavaletti, na Alberto Parenti e Machado de Assis, nas proximidades do cemitério. Esses são apenas alguns dos exemplos, pois a temática faz parte de diferentes bairros da cidade, onde a fiação está pendurada na rede, nos postes e em alguns casos chega até o chão, invadindo a via. Um perigo principalmente à noite, quando a visibilidade é menor poder fazer com que usuários das vias e, principalmente motociclistas se enrosquem.

Por Carla Emanuele/ JBV Online

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.