Sobe para 492 o total de pessoas fora de casa por enchentes no RS

Por conta da elevação dos rios, subiu para 492 o total de pessoas foram de casa em função das enchentes que atingem o Rio Grande do Sul desde a noite dessa terça-feira. A passagem de um novo ciclone extratropical causou uma morte em Caxias do Sul e novos estragos em dez cidades gaúchas. Segundo o boletim mais recente da Defesa Civil, divulgado no final da manhã desta quarta, 310 pessoas estão desabrigadas (em abrigos públicos) e 181 desalojadas (em casa de amigos ou parente).

A situação mais crítica ocorre em São Sebastião do Caí, onde o rio Caí segue em elevação. Segundo a Defesa Civil, 320 casas foram afetadas por inundações. Até o final da manhã, 91 pessoas já tinham sido retiradas de casa e levadas para o ginásio Rio Branco.

A morte provocada pelo temporal em Caxias do Sul ocorreu a partir do deslizamento de pedras, que atingiu uma casa na noite dessa terça. Uma mulher também ficou ferida e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Até o momento, as cidades de Santa Rosa, Caxias do Sul, Lajeado, Ijuí, Santa Teresa, São Sebastião do Caí, Maquiné, Estrela, Candelária e Espumoso procuraram ajuda junto à Defesa Civil Estadual.

Em Lajeado, 145 pessoas – o que representa 48 famílias – estão abrigadas no Parque do Imigrante. Em razão da cheia do rio Jacuí, uma família da cidade de Espumoso já precisou ser retirada de casa.

Elevação dos rios preocupam

A previsão de elevação das bacias hidrográficas preocupa a Defesa Civil. O monitoramento das águas é constante. Sem ainda constar no boletim da Defesa Civil Estadual, a cidade de Igrejinha também registra cerca de 50 famílias fora de casa em razão do transbordamento do Rio Paranhana.

As famílias desabrigadas foram encaminhadas para o barracão luterano, conforme a prefeitura. Em caso de emergência ligue para a Defesa Civil através do telefone 193.

Fonte: Correio do Povo 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais