A “mosca azul” teria picado Ayub?

O presidente da Câmara de Vereadores de Erechim, Rafael Ayub, durante os dias em que esteve no cargo de prefeito, concedeu entrevista a Rádio Cultura e várias pessoas do MDB, e também de fora do partido, nos questionaram, no bom sentido, se Ayub tinha se deixado picar pela “mosca azul”? Não sei se a “mosca azul” o picou ou não, mas, Rafael é a primeira cara nova que se apresenta como um dos possíveis candidatos a prefeito em Erechim para a próxima eleição municipal.
“Com toda a sinceridade, essa história de ser candidato a prefeito na próxima eleição não está nem passando pela minha cabeça neste momento. Agora temos que trabalhar para eleger o nosso pré-candidato a deputado federal e reeleger nosso governador”, respondeu o vereador.
Neste momento até pode ser que não esteja pensando numa possível candidatura a prefeito e centrado em eleger o candidato do partido como deputado federal, mas em minha opinião, Rafael é o mais interessado que Paulo Alfredo Polis se eleja deputado federal, pois o caminho ficaria aberto para uma disputa interna dentro do MDB e possibilitaria que o mesmo se torne um dos candidatos a prefeito em 2020. Se Ana de Oliveira não concorrer e Polis se eleger como deputado federal o caminho estaria aberto, inclusive sem disputa interna. Creio que o vereador só não será candidato se Polis não se eleger deputado e vier a concorrer novamente a prefeito. Se Ana resolver concorrer mais uma vez, teremos uma disputa interna dentro do partido.

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.