Araújo e Renan Soccol apresentam projeto para regulamentar homenagens do Legislativo

Na última terça-feira (7), os vereadores Claudemir de Araújo (PTB) e Renan Soccol (PSDB) protocolaram um Projeto de Resolução a fim de regulamentar as homenagens e convocações de sessões solene e especial propostas pelo Poder Legislativo erechinense. O objetivo dos parlamentares é combater a banalização de homenagens, limitando o número de honrarias concedidas por vereador ao longo do ano.

Atualmente, a Câmara concede as seguintes distinções a pessoas, associações, empresas e entidades: Troféu Castelinho, Título de Cidadão Erechinense, Cidadão Benemérito, Menção Honrosa, Votos de Congratulações e Medalha Mérito Legislativo Erechinense. De acordo com Araújo e Soccol, a proposição não tem a intenção de desmerecer nenhum dos tributos já prestados, e busca apenas resgatar a essência e a valorização das homenagens. “Nos últimos anos, sentimos que as honrarias entregues pela Casa Legislativa perderam sua essência, tendo um fator determinante para isso, a frequência com que estão sendo feitas. Buscamos recuperar a importância e a singularidade de cada homenagem”, explicam os vereadores.

Medida visa à economicidade – Araújo e Soccol destacam, ainda, outro fator que consideram de grande relevância para que o projeto seja aprovado: a economicidade que a regulamentação das homenagens do Legislativo irá gerar ao poder público. “Destacamos a grande economia que tal medida trará aos cofres públicos, visto que em cada homenagem sempre existem gastos em confecções de placas, entre outras ações que demandam o uso do dinheiro público”, ressaltam.

Comentários estão fechados.