Araújo e Renan Soccol apresentam projeto para regulamentar homenagens do Legislativo

Na última terça-feira (7), os vereadores Claudemir de Araújo (PTB) e Renan Soccol (PSDB) protocolaram um Projeto de Resolução a fim de regulamentar as homenagens e convocações de sessões solene e especial propostas pelo Poder Legislativo erechinense. O objetivo dos parlamentares é combater a banalização de homenagens, limitando o número de honrarias concedidas por vereador ao longo do ano.

Atualmente, a Câmara concede as seguintes distinções a pessoas, associações, empresas e entidades: Troféu Castelinho, Título de Cidadão Erechinense, Cidadão Benemérito, Menção Honrosa, Votos de Congratulações e Medalha Mérito Legislativo Erechinense. De acordo com Araújo e Soccol, a proposição não tem a intenção de desmerecer nenhum dos tributos já prestados, e busca apenas resgatar a essência e a valorização das homenagens. “Nos últimos anos, sentimos que as honrarias entregues pela Casa Legislativa perderam sua essência, tendo um fator determinante para isso, a frequência com que estão sendo feitas. Buscamos recuperar a importância e a singularidade de cada homenagem”, explicam os vereadores.

Medida visa à economicidade – Araújo e Soccol destacam, ainda, outro fator que consideram de grande relevância para que o projeto seja aprovado: a economicidade que a regulamentação das homenagens do Legislativo irá gerar ao poder público. “Destacamos a grande economia que tal medida trará aos cofres públicos, visto que em cada homenagem sempre existem gastos em confecções de placas, entre outras ações que demandam o uso do dinheiro público”, ressaltam.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais