Atraso de repasse pelo Estado é pauta com secretário estadual de Saúde na capital

O Prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt, e o secretário de Saúde, Jackson Arpini, aproveitando a estada em Porto Alegre para encontro com o futuro governador Eduardo Leite e participação da cerimônia da entrega do Prêmio Gestor Público, estiveram em audiência nessa quarta, 7, com o secretário estadual de Saúde, Francisco Paz.

Em pauta, o atraso nos recursos financeiros por parte do governo do Estado, que vem causando transtornos financeiros a FHSTE e a Secretaria de Saúde.

O Prefeito e o secretário externaram, na oportunidade, a preocupação com relação às finanças da instituição hospitalar, visto que a municipalidade vem aportando recursos próprios para manter a normalidade dos atendimentos. Ressaltaram, ao titular da Pasta, que nos dois anos (2017/2018) o município repassou mais de R$ 9 milhões para saldar parte dos compromissos e que necessitam urgentemente de aporte financeiro estadual para manter os serviços em pleno e regular funcionamento.

O secretário, por sua vez, expôs a situação das finanças do Estado o que leva inevitavelmente ao atraso nos repasses para saúde, fato preocupante que se alastra por vários serviços de saúde, envolvendo secretarias municipais e hospitais.

Manifestou, ainda, que a partir do dia 12 deste mês saberá o montante que o Tesouro do Estado liberará para saldar compromissos na área da saúde.

O resultado da reunião deixou os representantes apreensivos, tendo em vista que não há um cronograna definido de pagamentos, estando os mesmos à mercê do fluxo de caixa do Estado.

“Estamos buscando alternativas para minimizar a situação, porém a situação financeira do Estado, pela sua complexidade e pelo momento de transição, nos coloca em situação delicada”, mencionaram as lideranças.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais